Dias de vida do Blog

Votação Top Blog

Agora é 2º turno deixemos os votos para os especialistas.
Então votem o quanto puder, uma vez por e-mail's quantos tiverem e uma vez pelo Facebook.



Total de visualizações de página

26 de novembro de 2010

Cordel contra o preconceito

Preconceito?

Esse texto foi redigido por um Sr. Chamado Valdeck que é de Garanhuns PE. e colocou a disposição para  divulgar. E enviou também para o jornalista Paulo Henrique Amarim que postou em sua página Conversa Afiada. 

Apesar de ter passado algum tempo depois do episódio da discriminação da estudante de direito em São Paulo , resolvemos postar e mostrar como o nordestino reagiu.

Cordel do preconceito

Valdeck de Garanhuns 

Charge de Bessinha

 

SOMOS TODOS BRASILEIROS

É São Paulo grande receptora

a cidade de todas as nações

onde vivem mestiças multidões

sob a luz paulistana protetora.

Paulicea feliz acolhedora

dos que buscam abrigo no seu véu

é bondosa e às vezes bem cruel

dependendo de nós e nosso tino

se não fosse o valor do nordestino

em São Paulo não tinha arranha-céu.

Preconceito é coisa de alguém

inseguro. insensato e infeliz

que não vê nada além do seu nariz

despresando o valor que o outro tem,

ao “menor” ele trata com desdém

age errado ainda faz grande escarcéu

é amargo e jamais provou o mel

da vitória de um povo peregrino

se não fosse o valor do nordestino

em São Paulo não tinha arranha-céu.

O Nordeste em São Paulo está presente

como estão todos os outros estados

trabalhando e deixando seus legados

pra São Paulo crescer tão firmemente

a cidade se mostra claramente

uma mescla real e bem fiel

das culturas do imenso povaréu

que caminha buscando seu destino

se não fosse o valor do nordestino

em São Paulo não tinha arranha-céu.

Nosso povo chegou nessa cidade

pra ficar, trabalhar, fazer história

ajudar no registro da memória

e trazer ao lugar prosperidade

no contexto contém felicidade

e a bravura do homem tabaréu

a poética do belo menestrel

e a ternura do velho e do menino

se não fosse o valor do nordestino

em São Paulo não tinha arranha-céu.


Não entendo porque o preconceito

com o povo tão forte do nordeste

se a roupa que o paulistano veste

e outras coisas que usa por direito

tem a mão nordestina que com jeito

competência trabalho e humildade

faz trabalhos com toda lealdade

para Sampa cescer e mais crescer

e ao invés de São Paulo agradecer

quer banir nosso povo da cidade.

Mas não é o paulista de verdade

nem tão pouco a pessoa paulistana

que é contra a presença soberana

do nordeste aqui nessa cidade.

Só pessoas que sem capacidade

de sentido tacanho e pequenino

que incautos perderam todo o tino

não enxergam a força do nordeste

disseminam a verdadeira peste

que é o ódio ao povo nordestinio.


Essa moça estudante de direito

que alimenta essa raiva sem pudor

nunca foi ao nordeste, pois se for

se liberta do horrendo preconceito

porque todos na terra têm defeito

mas existe virtude em abundância

o defeito exige vigilância

que um defeito é a causa de um desastre

para que o defeito não se alastre

é preciso acabar com a ignorância.

Nordestino é um povo competente

como o povo paulista é também

e que culpa o nordestino tem

da eleição de Dilma presidente?

Ela foi contemplada tão somente

com os votos de todos brasileiros

que se mostram felizes, satisfeitos

exercendo o papel de cidadão.

Ou preferem tisnar nossa nação

entregando-a aos lobos etrangeiros?

O nordeste é uma terra abençoada

a cultura é soberba e majestosa

nossa arte é divina, esplendorosa

nossa gente é feliz e animada.

Porém era uma terra abandonada

pelos outros governos da nação,

foi aí que subiu um cidadão

nordestino ao topo do poder

e o nordeste voltou a florescer

a despeito da vil opinião.

Se o nordeste cresceu e está crescendo

Sampa cresce também para valer

na verdade o Brasil deve crescer

e é isso que está acontecendo

Todos nós que agora estamos vendo

o Brasil vislunbrando um novo sol

vamos dar nossas mãos todos em prol

de um pais soberano e respeitado

nordestino e paulista lado a lado

sob a luz divinal do arrebol.


Com meu fraterno abraço

Valdeck de Garanhuns

15 comentários :

  • Guará Matos says:
    26 de novembro de 2010 17:15

    Mas é assim que deve ser. O Brasil é um único país e os que nascem aqui, são todos brasileiros.

    Bj.

  • Wanderley Elian Lima says:
    26 de novembro de 2010 18:32

    Oi Lu
    Excelente cordel.O episódio foi lamentável, não pode existir esse separatismo no Brasil, somos todos filhos de uma unica terra.
    Abração

  • Cris says:
    26 de novembro de 2010 18:45

    Ora.
    Que beleza!
    Que lindeza!
    Somos seres.
    Todos iguais, sem tirar nem por.
    Essa é a grande verdade Lu Cidreira.
    Parabéns!
    Um grande abraço.

  • Denise Guerra says:
    27 de novembro de 2010 07:51

    Lindo, lindo, lindo!!! Apoiadíssimo!!! e viva a igualdade racial!!! sejamos o que Deus sempre quiz: IRMÃOS!!! bjs!!!

  • Brasil Desnudo says:
    27 de novembro de 2010 10:08

    Bom dia, meu querido amigo Lu!!

    Sempre com posts maravilhosos, o qe nunca me espanto ao vir aqui e, me deliciar...
    Questionador e, um historiador autodidata, controverso, mas autêntico!

    Quanto ao seu comentário lá no Desnudo, você foi justamente, no fundo da questão!!

    Apesar de termos formas diferentes de postar nossas matérias..
    Eu sempre irreverente, onde uso sempre da sátira e do deboche, mas reflito no fundo da questão, pois não só um Turista conhecedor do Nordeste brasileiro, mas sim, um morador por três anos!
    Conheci de fato a miséria e a crueldade que o povo nordestino vivia na década de 80, quando morei no nordeste e, conheci-o todo, os 9 estados!
    Vendo toda essa situação, voltando no tempo, mas a história se repete, tanto no Nordeste, bem como meu amigo, aqui no Rio!
    Sabidos, nós os idiotas, no caso o Povo! Aquele que vê, percebe o que está ocorrendo, mas que ficamos de mãos atadas diante da falência das instituições públicas do País...
    A miséria no nordeste continua, mesmo de pois de 26 anos após minha volta par Rio...
    E o Rio, vive, passa pela mesma História, com descaso das autoridades, em não acreditar que, a violência, o caos poderia atingir a Cidade de forma tão aterrorizante, como vimos essa semana na Mídia Global, Mundial!

    Belo comentário do Guará, onde poderia servir de exemplo para os nossos Corruptos Governantes, não acha?
    "Mas é assim que deve ser. O Brasil é um único país e os que nascem aqui, são todos brasileiros."

    Essa igualdade Lu, é a que prego Lá no Desnudo, sem preconceito, distinção de raça, cor, crédulo!
    Um ótimo fim de semana meu Amigo, com toda paz para todos os seus..

    MARCIO RJ

  • Talles Azigon says:
    27 de novembro de 2010 11:15

    ah meu caro LuCidreira e ontem falávamos sobre isso e é um assunto que tem que ser levantado sempre
    combater
    e combater
    e combater sempre
    toda forma de preconceito e discriminação

  • Blog da Fofa says:
    27 de novembro de 2010 11:30

    O povo do Nordeste é um povo animado, protetor. Eu particularmente, gosto muito do Nordeste. É absurdo qualquer tipo de discriminação.É vil. São pessoas que não tem amor ao seu semelhante que têm esse tipo de postura. Lindo poema. Amei o post, já estou te seguindo. Beijão, fica com Deus, que este sim, ama todas as pessoas, todos os seus filhos

  • Professora Carla Fernanda says:
    27 de novembro de 2010 12:16

    Bom fim de semana Lu! pura ignorância. O Brasil ainda precisa de muitíssimo mais educação.
    Carla Fernanda

  • Antonio says:
    27 de novembro de 2010 21:41

    Lu : agradeço seus comentários bem feitos no meu blog. Grato pelo intercâmbio. Preconceito é ignorância, e o pior disso tudo é que tem gente que acha que todos os paulistanos são assim. Não é verdade. Achei muito legal vc não deixar o assunto morrer. A Internet tem alguma força. Abraços, Bom fim de semana

  • Dom Quixote (Thomaz) says:
    28 de novembro de 2010 13:09

    Bem vindos os nordestinos que muito ajudaram minha cidade crescer, assim como todos os outros povos do mundo que aqui se estabeleceram e procuram serem felizes.

  • kleber says:
    29 de novembro de 2010 07:13

    Aplausos mil, poeta!! Cordel deslumbrante, perfeito! Faço alguns, também, mas o seu está magistral! Meu carinho e sucesso!

  • Paulo Braccini says:
    30 de novembro de 2010 15:02

    vivas e mais vivas ao irmãos nordestinos ... dignidade é isto ... xô aos preconceituosos ...

    obrigado amigo pelo carinho em meu e em nome do Wander

    bjux

    ;-)

  • Beth Muniz says:
    1 de junho de 2013 10:40

    Oi Lu,
    A sabedoria da arte popular é a mais pura expressão da verdade e da verve do povo brasileiro.
    Excelente.
    Beijão.

  • Carlos Souza says:
    1 de junho de 2013 16:44

    Eu adoro Cordel
    ainda mais com esse tema
    Falando de forma clara
    sobre o fato de um sistema
    que não leva o brasileiro a nada
    ao não ser um mental empiema
    se agimos desta forma
    estaremos realamente com problema

    Desculpe pela tentativa tosca. É que realmente adoro cordel, apesar de ter o dom para faze-lo. Mas preconceito é sem dúvida o fim da picada (qualquer tipo de preconceito).

  • Carlos Souza says:
    1 de junho de 2013 16:46

    Correção:
    Apesar de NÃO ter dor fazelo

Curta ou Comente no Feed Turbo e Facebook

Comentários recentes

Clique aqui e mande seu e-mail
Fale conosco

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Seguidores

Seguidores do Google+

Arquivo do Blog

Feedzilla Widget BEGIN

Estamos de Olho!

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts

BlogUp

Lu Cidreira Vídeos

Loading...

Agradecimento


Hot Myspace Generators
Fique em forma nada de preguiça Faça seus exercícios na hora certe.

Protetores e licenças

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Indique sempre fontes e autorias das cópias. A originalidade é nossa meta.
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0 License .