Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

3 de setembro de 2008

Voltando a falar sobre fotografia


FILME ( TUDO ISSO REFERE-SE A FOTOGRAFIA E FILME P&B)

Denomina-se filme, o elemento responsável pelo registro da imagem, na câmara fotográfica. Possui uma camada chamado de EMULSÃO SENSÍVEL, composta de gelatina e sais de prata. A emulsão é formada por grãos de halogenetos de prata distribuídos em camadas. Os grãos por sua vez, podem diferir de tamanho, a depender da sensibilidade.
Os grãos de maior tamanho são distribuídos em camadas de maior espessura, nos filmes de sensibilidade mais altas, e são assim dispostos para captarem maior quantidade de luz. Os grãos mais finos são encontrados nas emulsões mais lentas.

Estrutura de filme

O desenho abaixo, nos mostra um corte transversal de um filma, dando-nos ideia da sua estrutura.

1-CAMADA PROTECTORA- Protege a emulsão sensível contra umidade, abrasão etc.
2-EMULSÃO SENSÍVEL- Responsável pela gravarão da imagem.
3-CAMADA ADERENTE - Proporciona boa aderência a emulsão sensível ao suporte
4-SUPORTE - Geralmente de celulóide, constitui-se na base de sustentação da emulsão sensível.
5-CAMADA ANTE-HOLO- Camada de cor escura, que impede a reflexão dos raios luminosos ao atravessar o suporte.

SENSIBILIDADE DOS FILMES

Há tempos atrás, para se exprimir a sensibilidade dos emulsões, aditava-se os termos LENTA-MÉDIA-RÁPIDA. Hoje as emulsões mais lentas, eram as ultra-rápidas daqueles tempos. A granulação também melhorou. hoje, filmes de grandes sensibilidade, podem ser comparados quanto ao tamanho do grão, com emulsão lentas de antes.
A sensibilidade da emulsão, é medida, conforme os índices padronizados pela ASA ou ISO e DIN. Estamos familiarizados com os índices ASA enquanto que os índices DIN, são de uso exclusivamente na Europa. Mas há uma relação entre essas duas escala.
A escala ASA é aritmética. dobrando-se o índice ASA, também é dobrado a sensibilidade do filme. Um filme de sensibilidade ASA 100 é duas vezes mais sensível que o de ASA 50.
A escala DIN é logarítmica isto é, para saber o dobro da sensibilidade de um filme, é preciso aumentar de tres, o índice DIN. Um filme de 24 DIN é duas vezes mais sensível que o de 21 DIN.
Consultando-se uma tabela, podemos ter as comparações dos índices ASA e DIN porém, esssa relação costuma vir nas embalagens dos filmes. ex: ASA 100, 21 DIN.
De acordo com a sensibilidade, os filmes podem ser: ORTOCROMÁTICOS e PANCROMÁTICOS.

EMULSÃO ORTOCROMÁTICA- Sensível ao violeta, ao azul, ao verde e ao amarelo, com um máximo de sensibilidade para o azul e violeta e um mínimo, para o amarelo. Este tipo de emulsão, não tem sensibilidade ao laranja e vermelho, é usado para objetos que não tenham partes predominantes em vermelho e laranja.
É o filme usado en artes gráficas, como o KODALITH, da Kodak e em muitos casos, para efeitos especiais etc. Na câmara escura o seu manuseio é feito sob luz de segurança laranja ou vermelha.
EMULSÃO PANCROMÁTICA- Sensível a todas as cores, pssue ótima sensibilidade cromática o que quer dizer, ótimo grau de reprodução das diversas cores da natureza, através dos matizes de cinza. Partindo do preto, passando por varias graduações de cinza até ao branco.
Na câmara escura, todo manuseio deve ser feito com ausência total de luz. Devido a sua pouca sensibilidade ao verde, no processo de revelação, após os primeiros cinco minutos, podemos retira-lo do tanque, para observação a certa distância, com lanterna de segurança provida de filtro verde escuro.

0 comentários :

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.