Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

9 de maio de 2010

HOMENAGEM AS MÃES.

MÊS DAS MÃES:
Falar de Mãe é de uma complexidade infinita. Quando se pensa em Mãe, abre-se um leque de boas coisas: (Amor, confiança, segurança, dedicação. compreensão, afeto, partilha, responsabilidade, lembranças...). Ser Mãe é singular, não há conceito, para definí-la, cada filho tem seu próprio conceito...Só sei que ter Mãe o maior presente que um ser pode ter.


Corre! Corre! Corre!
A maternidade chama,
Na face, a dor do parto avança.
A alma eufórica clama. Alegria!

Corpo adulterado, seios fartos,
Volumoso ventre, a tudo vence!
A espera do seu querido ente.
Do sofrimento, ao estremo da alegria.

Na constatação do nascimento,
Doa seu colo e o recém chegado, consola!
Com seus seios alimenta e o choro acalma,
Em seus braços o acalento.

Aquele que chega, não renega.
O que a responsabilidade a si, não cega.
No árduo caminho o viver, fala...
Buscar a saúde e crescer sem trauma.

Reunindo forças, para ver,
O tão esperado filho, florescer...
No esforço redobrado do carinho,
Do amor, melhorando, a cada dia.
E doar ao seu ser o melhor, o ser MÃE!

NÓS DESEJAMOS UM FELIZ DIA DAS MÃES, PARA TODAS AS MÃES.

Texto Rita Cidreira

6 comentários :

  • FERNANDO says:
    9 de maio de 2010 10:16

    Um bonito poema, sem dúvida alguma.
    Abraços a todas as mães - sem as quais nenhum de nós estaria aqui.
    Bom domingo.

  • Felina Mulher says:
    9 de maio de 2010 21:32

    Hj o meu parabéns é para uma mulher pra lá de especial que colocou no mundo duas criaturas lindas nesse mundo...a mãe de Lu e Rita Cidreira.
    Feliz dia das mães meu amores, e obrigada por estarem sempre presente em minha casa e em minha vida.

    Um beeejooo

  • Pelos caminhos da vida. says:
    10 de maio de 2010 10:09

    Um belo poema dedicado a nós Mães.


    Lu Cidreira!

    Desejo a você...
    Fruto do mato
    Cheiro de jardim
    Namoro no portão
    Domingo sem chuva
    Segunda sem mau humor
    Sábado com seu amor
    Filme do Carlitos
    Chope com amigos
    Crônica de Rubem Braga
    Viver sem inimigos
    Filme antigo na TV
    Ter uma pessoa especial
    E que ela goste de você
    Música de Tom com letra de Chico
    Frango caipira em pensão do interior
    Ouvir uma palavra amável
    Ter uma surpresa agradável
    Ver a Banda passar
    Noite de lua cheia
    Rever uma velha amizade
    Ter fé em Deus
    Não ter que ouvir a palavra não
    Nem nunca, nem jamais e adeus.
    Rir como criança
    Ouvir canto de passarinho
    Sarar de resfriado
    Escrever um poema de Amor
    Que nunca será rasgado
    Formar um par ideal
    Tomar banho de cachoeira
    Pegar um bronzeado legal
    Aprender uma nova canção
    Esperar alguém na estação
    Queijo com goiabada
    Pôr-do-Sol na roça
    Uma festa
    Um violão
    Uma seresta
    Recordar um amor antigo
    Ter um ombro sempre amigo
    Bater palmas
    De alegria
    Uma tarde amena
    Calçar um velho chinelo
    Sentar numa velha poltrona
    Tocar violão para alguém
    Ouvir a chuva no telhado
    Vinho branco
    Bolero de Ravel...
    E muito carinho meu.

    (Carlos Drummond de Andrade).

    Bom dia!

    beijooo.

  • Paulo Braccini says:
    10 de maio de 2010 11:08

    Linda homenagem ... adorável ... um beijo grande a todas as mamys ...

    bjux

    ;-)

  • Felina Mulher says:
    10 de maio de 2010 13:46

    Vim deixar meu rastro por cá....muitos beijos e uma excelente semana para vcs.

  • Catarino says:
    10 de maio de 2010 17:19

    As mães merecem todas as homenagens.
    Ótima poesia para enaltecer nossas mães.
    VivercomSaúde

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.