Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

12 de outubro de 2009

HOMENAGENS AS CRINAÇAS DE TODO MUNDO.





Como surgiu o Dia das Crianças

Na década de 1920, o deputado federal Galdino do Valle Filho teve a idéia de “criar” o dia das crianças. Os deputados aprovaram e o dia 12 de outubro foi oficializado como o Dia das Crianças, pelo presidente Artur Bernardes, por meio do decreto nº 4867, de 5 de novembro de 1924.



FELIZ DIAS DAS CRIANÇAS!

“Grande homem é aquele que não perdeu o coração de criança”.
Todo mundo carrega dentro de si uma criança. Crescemos e “temos” que ser sérios.
Quantas vezes você já não ouviu alguém dizer: “deixe de criancice”?
E desde quando precisamos deixar de ser crianças?
Ria de você mesmo, seja “ridículo”, brinque na chuva, de fazer castelo de areia, de fazer castelo no ar...
Sonhe faça bagunça no meio da rua, cante na hora que tiver vontade, converse com você mesmo como se tivesse conversando com um amiguinho, assista desenho animado e veja a sua vida como se ela fosse um desenho animado, brinque com uma criança... Como uma criança...
Fique feliz simplesmente por ficar, sorria e ria sem motivo, ria de você, dos seus dramas, do ridículo das situações... E acredite na pureza do ser humano... Na pureza da criança que talvez esteja escondida, mas que existe em cada um de nós.
Para alguns, você vai parecer louco, bobo, ou infantil... Mostre a língua para esses “alguns” e diga, como uma criança: “Sou um bobo, mas sou feliz!”. Esses “alguns” com certeza tem uma criança maluquinha, doida para fazer bagunça também.
A vida já é muito complicada para vivermos sérios e carrancudos. E isso tudo não é deixar de viver com seriedade... É viver com leveza de uma criança e obrigações de adulto.
Fica muito mais fácil viver assim.
Que Nossa Senhora de Aparecida e seu anjo da guarda, estejam sempre presente, protegendo de todos os males dessa vida.
Um grande beijo e muito carinho para todas as CRIANÇAS...

1 comentários :

  • Guará matos says:
    13 de outubro de 2009 12:10

    Bela homenagem, Ritinha. Mas infelizmente o Brasil não se importa com suas crianças. E ainda rir de quem se preocupa. Lembro-me de quando Pelé fez os mil gols e disse que tínhamos que nos preocupar com as criacinhas, fazer mais por elas, etc. Até hoje fazem graça com o que ele falou e estamos vendo o resultado...lástima.
    Bjs.

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.