Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

12 de fevereiro de 2010

Já é Carnaval em Salvador Bahia Brasil...



O guitarrista baiano Pepeu Gomes foi nomeado Rei Momo do Carnaval de Salvador 2010. Ele vai receber a coroa e a chave da cidade das mãos do músico Gerônimo Santana Duarte, que ficou no posto em 2009. A abertura da próxima folia baiana será feita na Praça Castro Alves, em cima da "Fobica", o primeiro trio elétrico da Bahia.
O convite foi feito por Fernando Bulhosa, presidente do Conselho do Carnaval de Salvador. "Escolhemos, desde o ano passado, pessoas que tenham uma relevância cultural e representativa no carnaval baiano. Pepeu Gomes tem notoriedade na música brasileira e, principalmente, da Bahia. Ele vai aliar o talento e a história dele na cultura de Salvador com suas gordurinhas para representar muito bem a folia."
O cantor e compositor Pepeu Gomes será o Rei Momo do Carnaval 2010. Em entrevista  o músico confirmou ter aceitado o convite do Conselho Municipal do Carnaval de Salvador e disse estar feliz com a indicação. "Vai ser um grande prazer. É um começo de história bacana colocar personalidades famosas para ser o Rei Momo".
Pepeu disse gostar da ideia de se adotar uma nova imagem para o símbolo da festa baiana. "Acho legal não se prender a essa coisa de que o Rei Momo tem que ser uma pessoa obesa. Ele pode ser elegante, gostoso", brincou.
 O músico é a terceira  personalidade, na história do Carnaval baiano, a fugir da tradição do Rei Momo obeso e dividir opiniões.

Na festa de 2008, a escolha do comerciante Clarindo Silva, dono do Restaurante Cantina da Lua, no Pelourinho, causou polêmica, indo parar até na Justiça.
Ele, que pesava apenas 58 kg, chegou a ser destituído do trono por meio de uma liminar da 8ª Vara da Fazenda Pública, mas retornou graças a uma nova decisão.
Em 2009 foi o cantor e compositoe Gerônimo que ostentou a coroa e passou para Pepeu este ano de 2010.

 O velho Ford Bigode 1929 que mudou a história do Carnaval da Bahia a partir de 1950 voltou  às ruas em 2010, em grande estilo. A aparição foi na abertura do Carnaval, quinta-feira, 11 de Fevereiro, na festa da entrega das chaves da cidade para o Rei Momo, que acontece nesta quinta-feira (11), às 20h, no Campo Grande. A chave da cisdade de Salvador será entregues pelo Prefeito João Henrique ao Rei Momo Pepeu Gomes dentro da Fobica, em uma justa homenagem pelos 60 Anos do Trio Elétrico.  A festa terá a presença da Rainha do Carnaval 2010 e as princesas, respectivamente Lorena Nagle, Taina Portela e Larissa Soares
Graças à parceria do Trio Elétrico Armandinho, Dodô & Osmar com o Governo do Estado da Bahia, através da Bahiagás, do patrocínio dos Biscoitos Fortaleza e do apoio da Ford, foi possível retirar a Fobica da Casa da Música – no Parque de Abaeté, onde fica exposta – para abrir os festejos carnavalescos deste que o Carnaval dos 60 Anos do Trio Elétrico. O carro histórico estará sobre uma estrutura metálica, armada sobre um caminhão, que contará também com equipamento de som e luz. Dessa forma, a Fobica – ou Fobiquinha, como também é conhecida – poderá ser vista e ouvida com clareza durante todo o percurso do Circuito Osmar.
Em cima da Fobica, ninguém menos do que a Família Macêdo, herdeira e incentivadora dessa história. Armandinho, Aroldo, André e Betinho Macedo prometem boas surpresas para esse passeio da Fóbica, e a primeira delas é que eles tocarão com réplicas perfeitas dos paus elétricos, aqueles que, a partir de 1942, originaram a Guitarra Baiana e o baixo de cinco cordas, este último idealizado por Betinho Macedo.
Como parte das comemorações dos 60 Anos do Trio Elétrico, o luthier Elifas Santana criou os paus elétricos modernos, preservando as características físicas e sonoras dos instrumentos originais. São dois paus elétricos menores, como se fossem braços de bandolim, que serão tocados por Armandinho e Aroldo Macedo, e um maior, como se fosse o braço de um violão, que será de Betinho Macedo. André Macedo, vocalista da banda, cantará as músicas que fizeram a história do Carnaval da Bahia e também a música “Fobicão 60”, composta por Armandinho e Moraes Moreira especialmente para o Carnaval 2010.  Após a abertura do Carnaval, a Fobiquinha abrirá, todos os dias, o desfile do Fobicão, o Trio Elétrico Armandinho, Dodô & Osmar.
Então, quem quiser matar as saudades, é só ir atrás da Fobica. E para isso, basta ter animação, fôlego e vontade de brincar o Carnaval. Não existem abadas nem cordas, assim como era em 1950 e como é hoje no Trio Elétrico Armandinho, Dodô & Osmar.

Fonte: Ascom/Saltur
Internet vários sites
Fotos: arquivo Ascom/Saltur e Internet

4 comentários :

  • Guará Matos says:
    12 de fevereiro de 2010 14:42

    Maravilha!
    Amo Pepeu, músico espetaculae pessoa super maneira. Já tivemos alguns contatos aqui no Rio. Ele é flamenguista e eu também. Nos esbarramos no Flamengo.
    Valeu!

  • Wanderley Elian Lima says:
    12 de fevereiro de 2010 16:13

    Olá Lu
    Obrigado pela visita ao meu blog e por estar me seguindo.
    Um bom carnaval pra você
    Abração

  • Felina Mulher says:
    12 de fevereiro de 2010 22:25

    Olá, vim te agradecer por me seguires e espero que voltes por lá.

    Bom Carnaval.


    Beijos meus pra ti!

  • Denise Guerra says:
    14 de fevereiro de 2010 23:00

    Oi Lu, parece legal a escolha do Pepeu para Rei Momo, mas, será que ele tem perfil para a função? Rei Momo tem que ser bonachão, dócil, simpático e gordo se não não tem graça. sei que o Pepeu tá mais gordinho mas, será que ele convence na função? Vc que é bahiano sabe melhor que os cariocas. Bjs!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.