Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

17 de abril de 2010


Estas reliquias estavam escondidas, e agora foram colocada para nossa apreciação, apesar de nosso blog não ser um museu, gostamos de mostrar as coisas dos tempos que não voltam mais.
É só clicar no link abeaixo e se deliciar,  aumente o som!



















Ouça os jingles que fizeram história

Confira alguns dos jingles mais conhecidos da publicidade brasileira.
Seleção foi feita pelo G1 com o publicitário Lula Vieira.

LINK DA NOTÍCIAhttp://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL149561-9356,00.html






10 comentários :

  • Sandra says:
    17 de abril de 2010 01:16

    VENHO RETRIBUIR CARINHOSAMENTE O SEU CARINHO. DIZER QUE MINHA AUSENCA É EM FUNÇÃO DO MEU TRABALHO..ESTOU TRABALHANDO NOS TRÊS PERÍODOS.
    SEM TEMPO DE BLOGAR. SOMENTE NOS FINAIS DE SEMANA, SE POSSIVEL.
    MUITO OBRIGADA AMIGO.
    PEQUE O SEU SELO OURO NO BLOG
    http://sandraandrade7.blogspot.com/
    ELE FICARÁ LÁ TE ESPERANDO.
    CARINHOSAMENTE
    SANDRA

    SE FOR POSSIVEL VISITA INTERAÇÃO DE AMIGOS.BOM FINAL DE SEMANA.
    ATÉ MAIS

  • Meias de Seda (Suzy) says:
    17 de abril de 2010 10:15

    Recordar é viver...e viva o Retrô!
    Queridos, tenham um ótimo final de semana.
    Beijoks ;)

  • Felina Mulher says:
    17 de abril de 2010 14:25

    Ai que me deu soninho ouvindo a Hora de dormir...kkkk....sabe que lembrei?...que outro dia um cara me pediu 400 reais por uma "radiola"( não sei se esse o nome) igualzinho a da foto, dei a volta e fui ao banco eletronico sacar o dinheiro e qdo cheguei lá o rapaz já tinha vendido e eu perdi a chance de ter uma preciosidade dessas em ksa, queria tanto um dia poder mostrar aos meus netos...mas um dia eu encontro uma em um antiquário.

    Quero meu comentário inusitado viu?...kkkkkkkk....Viu como a Linda Rita Cidreira enfeitou meu cantinho?

    Bjinhos.

  • Wanderley Elian Lima says:
    17 de abril de 2010 18:01

    Olá Lu
    Uma viagem de volta ao túnel do tempo. Amei.
    Bjux

  • FERNANDO says:
    18 de abril de 2010 08:16

    Mais uma coleção de emoções pela qual a gente lhe agradece, Luizão.
    Um grande abraço e um ótimo domingo pra você.

  • Denise Guerra says:
    18 de abril de 2010 15:58

    Oi Lú, super legal esta viagem à nossa história cultural! Não deixemos que as memórias se percam, nosso povo é esquecido demais, vamos mostrar que o que é bom tá inclusive nos museus! Venho agradecer suas visitinhas (ambos, Lú e Rita) a presença de vcs é imprescindível no meu blog! quero também contar-lhes o seguinte:
    Estou de viagem para Mato Grosso do Sul, no próximo 21/04 e devo ficar 5 dias trabalhando com indígenas da etnia Nambiquara, talvez eu não tenho acesso a internet, por isso talvez eu não o visite mais nesta semana inteira. Peço desculpas antecipadas se a ausência se confirmar. Boa Semana! Bjs!

  • Felina Mulher says:
    18 de abril de 2010 19:01

    Obrigada pela visita, Rita querida, que Deus te Ilumine sempre, suas palavras me fazem um bem danado.

    beijos querida.

  • Felina Mulher says:
    18 de abril de 2010 19:29

    Lu, qdo nos apaixonamos ficamos bobo demaissss....mas como viver sem isso?...prefiro ser ma etarna boba.


    Beijos meu querido amigo.

  • Mary says:
    19 de abril de 2010 18:18

    Muito legal. Uma bela relíquia.
    Boa semana
    Abraços

  • Guará Matos says:
    20 de abril de 2010 08:42

    "Param...ram... "Aqui quem fala é o Repórter Esso"!!!
    Rádio é tudo!
    Por gostar tanto de rádio é que hoje sou profissional de comunicação.
    Bjs.

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.