Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

18 de abril de 2010

OUVIDO MASCULINO

Muito sábio o Drummond de Andrade!!!!!!
Essa é a mais pura verdade!!!!!! 
 Foto Luiz Cidreira Orelha, entalhe em madeira de minha autoria.



Muitas vezes se ouve dizer que as mulheres falam demais...
Mas, não tem problema, porque o ouvido masculino (seletivo) escuta somente
o que a ele interessa...

Veja o exemplo abaixo:

A MULHER diz:
Esse lugar está uma bagunça, Amor!
Você e eu precisamos limpar isto.
Suas coisas estão jogadas no chão
E você vai ficar sem roupas pra usar
se não lavá-las agora mesmo.

O que o HOMEM escuta:
blah, blah, blah, blah, Amor!*blah, blah, blah, blah, Você e eu*blah, blah, blah, blah, no chão
blah, blah, blah, blah, sem roupas
blah, blah, blah, blah, agora mesmo...

Carlos Drummond de Andrade
 
Recebi de amiga por e-mail.
Agradecemos a Sonia Miné.

7 comentários :

  • Pelos caminhos da vida. says:
    18 de abril de 2010 21:54

    Hoje à partir das 18hrs meu blog:

    Pelos Caminhos da Vida,(http://anamgs.blogspot.com)

    estará participando da COPA BLOG, venho por meio dessa msg pedir um voto pra vc, a votação vai até o dia 21/04, o site para entrar e votar é esse aqui;

    http://dado.pag.zip.net/

    Caso vc não consiga acessar o site através dessa mensagem, no final do post meu tem o site e por lá entra direto.

    Obrigada.

    beijooo.

  • FERNANDO says:
    19 de abril de 2010 06:49

    Bom dia, meu rei.
    Pois é, Drummond é realmente impagável...
    A propósito, se me permite acrescentar uma frase (de cunho machista) que li certa vez, "mulhar é como vinho: deve ser mantida na horizontal, e devidamente arrolhada" (risos).
    Brincadeira, viu?
    Um abraço, amigão.

  • Meias de Seda (Suzy) says:
    19 de abril de 2010 09:58

    Vou fingir que não li esse comentário aí de cima...rs

    Amigo Lu,
    tentei ver o entalhe de madeira de sua autoria, mas a foto tá tão pequenininha...Uma pena.

    Ritinha, doce é você, querida!
    E será um prazer poder lhe encontrar qualquer dia para um abraço e uma prosa.

    Beijos, amigos ;)

  • Guará Matos says:
    19 de abril de 2010 10:24

    Também tem aquela: "Mulher é igual violino eu viro a cara e...".
    Bjs.

  • Felina Mulher says:
    19 de abril de 2010 17:53

    kkkkkkkkk....não vale, Drumond era homem.
    Olha depois que vc ler meu blog, desliga esse computador e vai ler um livro, certo?....kkkkkkkk


    Um sopro de felicidade dessa bruxa que vos ama.

  • lucidreira says:
    19 de abril de 2010 18:31

    A voces Fernando e Guará, sobre as mulheres eu tenho um dizer que é, mulher da gente é igual a chuchu, não tem gosto de nada, mas se der na cerca o vizinho pega e come: risadas

  • Paulo Braccini says:
    19 de abril de 2010 19:30

    genialidade pura ... não conhecia ...

    obrigado por me proporcionar esta oportunidade ...

    bjux

    ;-)

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.