Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

7 de maio de 2010

Conversa de pai pra filho...

É PARA DESCONTRAIR, MAS VALE A PENA PENSAR UM POUCO.

 
Vida de pai está cada vez mais difícil. Uma simples conversa com o filho pequeno pode gerar perplexidade. O diálogo de José Pedro com seu filho, de 10 anos, pode servir como prova desse fosso entre as gerações.
- Que você vai ser quando crescer, filho?
- Presidente da República, pai.
- Puxa, filho, que legal. Mas por quê?
- Pra não precisar estudar.
- Não, filho, não é bem assim. Precisa estudar muito.
- Então, quero ser vice-presidente.
- Vice, filho? Por quê?
- Pra não precisar estudar. O José de Alencar também só foi até a quinta série primária. Já posso parar.
- Não é assim, filho. Ele trabalhou muito e aprendeu.
- Pai, todo mundo que se dá bem não estudou: o presidente, o vice, a Xuxa, o Kaká, o Zeca Pagodinho...
- É que eles tem um talento...
- Ah, entendi, estudar é para quem não tem talento?
- Não, filho, pelo amor de Deus. Artista é diferente.
- O presidente e o vice não são artistas.
- Não, quer dizer, o presidente, de certo modo, até é.
- Se eu estudar, vou ganhar mais do que o Kaká?
- Menos.
- Ah, é? Então quero ir já para a escolinha.
- Você já está numa boa escola, filho.
- Quero ir pra escolinha de futebol.
- Não, filho, você precisa estudar muito. A escola abre caminhos para as pessoas. Pode-se viver dignamente. Filho, você precisa ter bons valores. Pense numa profissão, numa coisa honesta e que seja respeitada. Não quer ser médico, dentista ou, sei lá, engenheiro?
- Não. De jeito nenhum. To fora, pai!
- Mas por que, filho?
- Eles nunca vão ao Faustão.
- Isso não tem importância, filho. Que tal bombeiro?
- Vou querer ser astronauta ou jornalista.
- Hummm... Jornalista? Por que mesmo, filho?
- Não precisa mais ter diploma pra ser jornalista. Mas... Pensando melhor, acho que vou querer ser corrupto.
- Meu Deus, filho, não diga isso nem de brincadeira!
- Na TV disseram que ninguém se dá mal por causa da corrupção e que tudo sempre termina em pizza. Adoro pizza. Quando for corrupto, pedirei só de quatro queijos.
- Ser corrupto é muito feio, meu filho.
- Ué pai, se é feio assim, por que Brasília está cheia deles e quase todos conseguem ser reeleitos?
- É complicado de explicar, filho. Mas isso vai mudar.
- Quero ser corrupto e praticar nepotismo.
- Cale a boca, filho, de onde tira essas barbaridades?
- É só olhar a televisão, pai. O Sarney pratica nepotismo e é presidente do Senado. Ninguém pode mexer com ele.
- Mas você sabe o que é nepotismo, filho?
- Sei. É empregar os parentes da gente.
- E você quer fazer isso?
- Claro. Assim ia acabar com os vagabundos da família. Se eu te arrumar um emprego você deixa?

Fonte: Recebido por e-mail de amigo
Agradeço à, Sonia Miné

Foto: Net
Edção de foto: Luiz Cidreira

11 comentários :

  • VELOSO says:
    8 de maio de 2010 02:20

    O pior é que o menino tem toda razão!

  • Pelos caminhos da vida. says:
    8 de maio de 2010 09:39

    KKKKKKKK, isso é o nosso pais, cheio de corruptos.

    beijooo.

  • Antonio Campos says:
    8 de maio de 2010 10:56

    Sensacional as crianças hoje dão de 10 em nós todos. E de fato isso mostra que mesmo assim devemos encaminha-los. Mas cabe a eles a decisão pelo futuro. Um abraço grato por sua visita.

  • Guará Matos says:
    8 de maio de 2010 11:06

    Muito bom...bom mesmo.
    Colocações bem feitas.
    Abraços.

  • Sandra says:
    8 de maio de 2010 13:36

    parabéns pela postagem..
    Retribuindo o seu carinho. Lu também estou participando do top blog. mas não consegui acessar para pegar o selo de votação. como devo proceder?quem sabe vc. me dá uma luz.
    Carinhosamente,
    Sandra
    Ano passado foi o mesmo problema. mas depois consegui acessar.
    J[á pedi informações para os organizadores, mas nada recebi. quem sabe vc. me orienta.
    Grata

  • Sandra says:
    8 de maio de 2010 13:39

    já votei..

  • Guará Matos says:
    8 de maio de 2010 16:13

    Amigos Lu e Rita Gostaria de contar com seus votos na eleição do Top Blog. É só vocês entrarem no meu blog:
    JORNAL AFOGANDO O GANSO/ http://afogandooganso.blogspot.com e clicar no Selo do TOP BLOG e votar.
    Acredito que o blog presta um bom serviço.
    Grato.

  • ONG ALERTA says:
    8 de maio de 2010 16:47

    Um dia das mães cheio de paz np coração, beijo Lisette.

  • Denise Guerra says:
    8 de maio de 2010 17:14

    Caramba, é isso que passamos todos os dias nas escolas. nossos alunos não querem estudar nada, pois, os exemplos são péssimos! Lu, diga a Rita que postei o texto dela agora no blog http://escolalugardeserfeliz.blogspot.com e um ótimo dia das Mães pra todas as mamães da sua família. Bjs!

  • Cris says:
    8 de maio de 2010 19:26

    Sabe Lu Cidreira!
    Penso que um dia nossas crianças,
    ainda vão ter outra visão de Política, de político e de mundo,
    que não seja a do oportunismo.
    Beijos.

  • Wanderley Elian Lima says:
    8 de maio de 2010 20:17

    Olá Lu
    Fantástico, e não é que o garotinho tem toda razão, são os exemplos que ele vê na mídia.
    Um abraço

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.