Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

4 de novembro de 2010

Universitários Kariri: Minha Terra, Meu Nordeste

Imagem do Google.com

O Blog do Lu Cidreira não podia deixar de passar esta publicação aos leitores do blog, pois nela consta um poema que define bem a discriminação e o desrespeito a todos os nortistas e nordestinos, e com autorização do autor colocaremos a todos nós para saborear uma verdadeira resposta aos mauricinhos e patricinhas filhos da minoria elitizada que se dizem indignados com a posição dos nortistas/nordestinos em votar em uma mulher que tem como a legenda o PT.
Veja a versão original neste link do blog Universitários Kariri como se tem amor a sua terra e aos seus conterrâneos.
Universitários Kariri: Minha Terra, Meu Nordeste: " Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE ..."

8 comentários :

  • Wanderley Elian Lima says:
    4 de novembro de 2010 17:15

    Oi Lu
    Muito lindo o poema, chega ser comovente. Esses babacas preconceituosos, não devem ser levados em consideração. Nós amamos o norte/nordeste, com sua gente, sua cultura e seu legado para o Brasil.
    Abração

  • Guará Matos says:
    4 de novembro de 2010 17:39

    O tal do preconceito é uma MERDA!
    Bj.

  • Lupo says:
    4 de novembro de 2010 18:10

    Oi Lu!

    Concordo, preconceito é uma m*, e o poema é belo. Falte tudo, menos amor e respeito por essa terra de pessoas maravilhosas.

  • Cris says:
    4 de novembro de 2010 20:16

    O Brasil é um.
    Somos todos brasileiros. Divergentes na política, no futebol... Mas o respeito entre as pessoas deve prevalecer. Os meus filhos também têm sangue nordestino, e por esse povo, eu tenho muito respeito.

  • Marcos Mariano says:
    5 de novembro de 2010 01:48

    Ola, Lu
    simplesmente maravilhoso, vivemos em um país de mestiços, de misturas de raças, o preconceito é uma grande bobagem, burrice,pois nós brasileiros nascemos de uma grande mistura.

  • FERNANDO says:
    5 de novembro de 2010 06:41

    Oi, Luizão.
    Legenda do PT, você quis dizer, né?
    Enfim, acho que é justamente a miscigenação que caractriza o nosso povo e lhe dá esse colorido (no bom sentido) tão especial.
    No mais, embora reconheça que o preconceito exista (e não só em termos de raça e de cor), a questão político-partidária vai bem além isso. A meu ver, o que "pega" mesmo nessa história é o fato de pessoas ligadas ao alto escalão do PT terem sido protagonistas de tantos escândalos, roubalheiras e maracutaias - com a conivência, ainda que passiva, de seu lider maior - e, mesmo assim, o presidente conseguir fazer seu sucessor (sucessora, melhor dizendo), garimpando votos entre eleitores de classes menos favorecidas a custa de favoritismos e projetos nitidamente populistas e eleitoreiros.
    Um grande abraço, meu rei.

  • Anônimo says:
    5 de novembro de 2010 12:04

    Quero agradecer ao Lu Cidreira pela postagem do nosso poema e ao mesmo tempo, agradecer aos respeitosos comentários aqui postados, nos dando a alegria de que não estamos sozinhos.
    Saudações a todos.
    Hildegardis Ferreira
    Terra dos Kariris
    "Lugar onde nasce o dia!"

  • Denise Guerra says:
    6 de novembro de 2010 18:17

    Sou solidária a todos os nossos irmãos brasileiros do Nordeste do Norte e de todas as regiões do nosso grande país! Repudio toda e qualquer forma de discriminação! Abaixo a pobreza de espírito!!! Salve o Brasil e toda sua gente! Bjs!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.