Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

7 de janeiro de 2011

Dia da Liberdade de Culto 07 de janeiro

Imagem google.com

7 de Janeiro                   

No Artigo I da Declaração Universal dos Direitos Humanos está escrito:
"Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade".
E também, no Artigo II, podemos ler:
"Todo homem tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidas nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua, religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento ou qualquer outra condição".
Percebe-se, no texto, lendo-o atentamente, que são apontadas nele quatro tipos de liberdade:
liberdade religiosa
liberdade de pensamento

liberdade civil                                                                     
liberdade política
Podemos afirmar que a liberdade religiosa (ou de culto) está inserida na liberdade de pensamento e, portanto, na civil e na política e vice-versa.
Na verdade, a idéia de liberdade pode ser resumida da seguinte forma:
como sinônimo de respeito à individualidade do próximo, do estrangeiro. Quando a concedemos a alguém, ganhamos nosso próprio direito de usufruí-la.
Em tempo: no Brasil, a primeira pessoa na política a se preocupar com a liberdade religiosa do cidadão brasileiro foi o escritor Jorge Amado.
Eleito deputado federal, em 1945, pelo Partido Comunista Brasileiro (PCB) de São Paulo, Jorge Amado participou da Assembléia Constituinte, em 1946, tendo sido autor da Lei da Liberdade de culto Religioso.
Fonte: www.ibge.gov.br

10 comentários :

  • Blog da Fofa says:
    7 de janeiro de 2011 00:29

    Oi Lu, a liberdade é capricorniana. Rs. Mto legal hein? e a definição também é exceelente: "respeito a individualidade do próximo...!" Adorei. Bjão amigo

  • Sérgio Filho says:
    7 de janeiro de 2011 07:05

    É complicado, a maioria dos direitos fica esquecido no papel, sacanagem isso.

    Obrigado por compartilhar Lu,

    Aquele abraço!

  • Denise Guerra says:
    7 de janeiro de 2011 09:12

    E viva a liberdade de expressão em todas as suas vertentes!!! Bjs!!!

  • Maria Helena says:
    7 de janeiro de 2011 09:36

    Lu, mais uma vez você traz um assunto pertinente: a liberdade é a base de tudo pois sem ela não se pode exercitar o direito de expressão.
    Sentir-se preso é uma das piores sensações da vida. O direito à liberde de ser não pode e não deve ser relegado. É uma luta que não pode ser esquecida em nenhum momento da vida. Parabéns pelo post! Eu adorei!

  • Guará Matos says:
    7 de janeiro de 2011 10:00

    E todo dia é dia de índio.
    Bjs.

  • Blog da Katia says:
    7 de janeiro de 2011 10:55

    Lu,

    Parabéns pelo post, liberdade é tudo!

    Beijinhos Carinhosos!

    Katia Oliveira

  • Paulo Braccini says:
    7 de janeiro de 2011 12:50

    olha só ... nunca soube desta data ... mas acho q este a liberdade deveria ser celebrada todos os dias do ano ...

    bjão ao amigo e todos os seus ... feliz 2011

    ;-)

  • Victor Faria says:
    7 de janeiro de 2011 15:23

    E viva a liberdade de expressão em todas as suas vertentes!!! [2]
    Parabéns pelo post!
    Abraço!

  • Brasil Desnudo says:
    7 de janeiro de 2011 19:00

    Olá, Amigo Lu!

    Uma coisa que adoro, é ler antes os comentários, não só a matéria do Post!

    E sempre dou gargalhadas ao ler os comentários do nosso amigo Guará!
    Curto e grosso, mas direto na fonte...kkkkk
    Uma figura muito especial ele.

    Mas você sempre indo no fundo das questões onde muitos passam batidos, mas realmente Lu, todos os dias são, são dias para serem comemorado alguma data em especial, mas a Liberdade, essa devemos ressaltar de forma memorável...
    Meus parabéns pelo belo comentário!

    Um ótimo fim de semana pra Ti...

    Abraços

    Marcio RJ

  • Prof. Adinalzir says:
    7 de janeiro de 2011 21:34

    Olha eu aqui mais uma vez aprendendo no blog do Lucidreira. Confesso que essa data eu ainda não conhecia.
    Muito boa a escolha! Abraços, :)

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.