Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

10 de fevereiro de 2011

Dia do Atleta Profissional

10 de Fevereiro

A figura do atleta surgiu já com as primeiras civilizações do Egito e Mesopotâmia. Existem fontes literárias e iconográficas descrevendo cenas atléticas que remontam a 3.000 a.C.
Os Jogos Olímpicos da Antiguidade iniciaram em 776 a.C. em Olímpia, na Grécia antiga, e duraram por mais de mil anos.
Os competidores eram atletas profissionais que chegavam à Olímpia um mês antes do início oficial dos Jogos para se submeter a um treinamento moral, físico e espiritual, sob a supervisão dos juízes.
A premiação era somente uma coroa de ramos de Oliveira. Mas era comum os campeões terem regalias como lugares nas primeiras filas dos teatros ou sua alimentação paga por toda vida.
Além de tudo, eram considerados heróis, muitos inclusive foram soldados que inspiraram a mitologia grega.
Em 1896, por iniciativa do Barão Pierre de Coubertin, as Olimpíadas voltaram a ser realizadas.
O primeiro país a sediar os Jogos Olímpicos da Era Moderna foi a Grécia, uma justa homenagem aos grandes inventores do espírito olímpico.
Novamente, os atletas foram as grandes estrelas do evento.
Atletismo
Desde então, seja em Olimpíadas, maratonas, torneios, copas e todo o tipo de competições, os atletas são a grande atração. Se tornam ídolos, modelos, exemplos a serem seguidos.
Pelos seus ideais de superação, garra e talento, inspiram pessoas em toda parte a ter uma vida saudável e praticar exercícios. Ganham, perdem, empatam, não importa. O importante mesmo é competir.

O atleta é aquele que treina árduo, diariamente e, em algumas ocasiões, até mesmo nos fins de semana para superar os limites de seu corpo. Profissionais ou não, os atletas devem ter uma vida estritamente regrada para que qualquer desgaste não atrapalhe seu desempenho nas competições.
Apesar do Brasil ter grandes atletas como Ronaldinho, Gustavo Borges, Gustavo Kuerten, Fernando Scherer, Robert Scheidt, Daiane dos Santos, Daniele Hipólito entre outros, a questão do patrocínio muitas vezes implica no anonimato de possíveis grandes atletas. A lei Agnelo-Piva, sancionada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso em 16 de julho de 2001 (a Lei nº 10.264) estabelece que 2% da arrecadação bruta de todas as loterias federais do país sejam repassados ao Comitê Olímpico Brasileiro (85%) e ao Comitê Para-olímpico Brasileiro (15%).
Os brasileiros, apesar das dificuldades, sempre conseguem medalhas nas Olimpíadas. Nas últimas olimpíadas, em Sidney (2000), o Brasil ganhou 12 medalhas. O nosso recorde de medalhas nas olimpíadas foi em Atlanta (1996), com 15 medalhas.
No ano de 2003, o Brasil não fez feio nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, capital da República Dominicana. Ao todo, foram 28 medalhas de ouro, 40 de prata e 54 de bronze, num total de 122 medalhas, 21 a mais que nos Jogos de Winnipeg (1999), no Canadá.
Para ser um grande atleta, além de um talento nato, a pessoa precisa de algumas condições favorável: boa alimentação, condições de deslocamento para o treino, acesso aos acessórios básicos, descanso, condições financeiras para viagens de competições e outras são algumas condições para que o esportista cresça como atleta.
Fonte: www2.portoalegre.rs.gov.br, UFGNet, CEDI Câmara dos Deputados


8 comentários :

  • Blog da Fofa says:
    10 de fevereiro de 2011 00:58

    Oi Lu. Acho que o brasileiro já tem um talento nato: muitas vezes não tem essas condições e mesmo assim se destaca nos esportes. Um grande bjo. Parabéns pelo post.

  • Guará Matos says:
    10 de fevereiro de 2011 08:47

    E bota talento nisso!
    neste país até levantamento de copo é esporte, hahaha!
    Vou à cerveja.
    Bj.

  • Zil Mar says:
    10 de fevereiro de 2011 10:41

    Oi Lu...

    Mais uma vez quero deixar registrado os meus cumprimentos a vc...PARABÉNS.

    Muito bem lembrado...seu post é de tirar o chapéu!

    Meu carinho e admiração sempre!

    bjo!

    Zil

  • Luis Nantes® says:
    10 de fevereiro de 2011 14:45

    Estou com o Guará ali, pois sou desse tipo de atleta, mas a garotada não pode esquecer que esporte sem cultura é o mesmo que alguns atletas endinheirados formadores de opiniões fazendo besteiras... Valeu por lembrar da data, ok? Abraços

  • Wanderley Elian Lima says:
    10 de fevereiro de 2011 14:52

    Oi Lu
    Infelizmente hoje o esporte virou muito mais comércio que prazer, principalmente o futebol, onde jogadores têm salários milionários. Mesmo assim ainda é uma atividade gostosa de se ver.
    Abração

  • Anne Lieri says:
    10 de fevereiro de 2011 15:58

    Uma merecida homenagem!Precisamos mesmo valorizar o atleta brasileiro que,muitas vezes,nem patrocinador tem e é um campeão que leva o nome do Brasil lá fora!Adorei!Bjs,

  • Denise Guerra says:
    11 de fevereiro de 2011 09:39

    Nossa que legal, eu não sabia!!! valeu amigo! bjs!

  • Severino says:
    13 de fevereiro de 2011 22:38

    muito bom!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.