Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

23 de março de 2011

Aniversário de Florianópolis


Em 23 de março de 1726, a capital de Santa Catarina era fundada com o nome inicial de Nossa Senhora do Desterro. Florianópolis veio muito tempo depois, com a revolução federalista comandada pelo Marechal Floriano Peixoto, em 1894. Antes disso, em 1823, de vila passou a capital do estado.
Como se vê, são quase 300 anos de histórias para contar sobre esta charmosa cidade, cuja metade fica numa ilha, estando a outra no continente, sendo ambas unidas por 3 pontes: governador Hercílio Luz, governador Colombo Salles e governador Pedro Ivo Campos. 
Os índios tupi guarani foram os primeiros habitantes de Florianópolis. Eles chamavam o local de Ilha de Meiembipe, logo ocupada por portugueses que a transformaram em ponto de abastecimento de água e alimentos para navios que rumavam ao sul no início do século XVI.
Depois, passou a se chamar Ilha de Santa Catarina, batizada pelo navegante Sebastian Caboto em homenagem a sua esposa, Catarina de Medrano.
Em 1679, o bandeirante Francisco Dias Velho deu início ao povoamento da pequena Florianópolis, que na época já se chamava Nossa Senhora do Desterro. Fundou a igreja que hoje é a Catedral da cidade e construiu casas.
Mais tarde, 58 anos depois, foi ocupada militarmente, ganhando várias fortalezas que estimularam sua ocupação. Em 1748, lá aportaram portugueses de Açores e da Ilha da Madeira que contribuíram para a formação da cultura local. Com eles, vieram a indústria manufatureira de algodão e linho, além do desenvolvimento agrícola..
Após tornar-se capital do estado de Santa Catarina, Nossa Senhora Desterro viu nascer o desenvolvimento urbano que incluiu a melhoria do porto e a construção de edifícios públicos. Em 1894 mudou o nome para Florianópolis e aderiu ao progresso com a implantação das redes de energia elétrica e instalação de redes de água e esgoto. 
O patrimônio mais famoso da ilha é a ponte Hercílio Luz, inaugurada em 13 de maio 1926. Com 819,47 metros de comprimento, a ponte tem a estrutura em aço e pesa aproximadamente 5.000 toneladas.
Considerada o cartão-postal da cidade, a ponte está com o acesso fechado desde 1991 depois de constatadas fissuras em um dos olhais de sustentação.
Antes de sua construção, a travessia da ilha para o continente era feita por balsas que não dispunham de segurança e conforto. Com a ponte, na época a única ligação com o outro lado, o tráfego médio era de cerca de 27 mil veículos por dia. Hoje, quem faz a travessia utiliza as pontes Colombo Salles e Pedro Ivo Campos. 
Localizada no centro da ilha, a Lagoa da Conceição é uma dos locais mais freqüentados da cidade. Quem procura paisagem exuberante propícia à prática de esportes, encontra na lagoa o local certo. Tem também as praias ao lado, Mole e Joaquina, próprias para o windsurf e o surf.
Fundada com o nome de Freguesia de Nossa Senhora da Conceição em 1750, a lagoa fazia com o distrito de Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha um dos núcleos açorianos mais importantes de Florianópolis que lá se fixaram por volta de 1748. 
Com 172 Km de litoral, formado por 43 praias, restingas, costões, dunas e manguezais, Florianópolis é composta por uma população basicamente urbana, sendo 165.694 homens e 176.621 mulheres.
Do total de 290.047 habitantes com mais de 10 anos de idade, 280.408 são alfabetizados, o que corresponde a 96,7%.
No quesito abastecimento de água e esgotamento sanitário, Florianópolis tem 89,7% dos domicílios ligados à rede geral e apenas 10,3% com poços ou nascentes ou outra forma de abastecimento.
Do total de 103.820 domicílios, 103.293 dispõem banheiro ou sanitário, contra 527 que não têm.
Quanto ao lixo, 102.748 domicílios realizam a coleta, e apenas 1.072 domicílios dão outro destino aos dejetos que produzem. 
A cosmopolita Florianópolis não é somente praia, banho de mar e água fresca. A capital catarinense além das belezas naturais, oferece aos seus visitantes ecléticas opções de Lazer. Tanto para a família que busca sossego e lugar seguro para as crianças quanto para grupos de amigos que querem diversão, adrenalina e gente bonita, Floripa é o destino perfeito.
As praias de norte a sul são repletas de atrativos que fascinam os seus visitantes. Algumas mais aptas para esportes náuticos e radicais, ecoturismo, outras para o turismo cultural e histórico.
 Caso queira saber mais informações da cidade de Floripa acesse o site da Prefeitura Municipal de Florianópolis

PARABÉNS FLORIPA PELO SEU ANIVERSÁERIO DE FUNDAÇÃO.
Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, www.radarsul.com.br

7 comentários :

  • Guará Matos says:
    23 de março de 2011 01:11

    Parabéns pra galera de Floripa!

    Bjs.

  • Sérgio Cazu says:
    23 de março de 2011 01:27

    Oi Lu,

    Dizem que em Florianópolis é o lugar onde tem as mulheres mais lindas do Brasil, bem, ainda não fui para saber e me inspirar, mas fiquei curioso com isso. (Risos)
    No mais, um feliz aniversário para eles, parece ser uma cidade maravilhosa.

    Aquele abraço!

  • Wanderley Elian Lima says:
    23 de março de 2011 08:25

    Adoro Floripa, um dos lugares mais lindos que conheço. Parabéns a todos daquela agradável cidade.
    abração

  • Pelos caminhos da vida. says:
    23 de março de 2011 10:56

    Parabéns a todos os que moram em Floripa, um dia quero conhecer essa beleza de perto.

    beijooo.

  • Anne Lieri says:
    23 de março de 2011 11:17

    Hoje vim visitar a Rita e agradecer sua visita em meu blog!Quero parabenizar pelo artigo,tão interessante sobre o histórico,as dificuldades e as belezas de Floripa!A toda essa bela cidade,o meu maior carinho!Adoro Floripa!Bjs,

  • Marcos Mariano says:
    23 de março de 2011 21:02

    Hey amigo Lu
    deixei um selo pro seu blog la no Rebobinando passa la

  • Geyme Mannes says:
    24 de março de 2011 13:41

    Nossa, olha a minha cidade aqui!! Foi aniver´sario dela e eu nem fiquei sabendo... Linda homenagem, Lu! A filha desnaturada aqui, sequer tinha lembranca...

    Oh, deixei um presente pra vc lá no blog:
    http://www.geyme.com/2011/03/para-selar-amizade.html
    Beijao!!!!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.