Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

17 de julho de 2011

História da Coca-Cola 2º parte




Marca mundialmente conhecida da Coca-Cola
Coca-Cola é um refrigerante de noz-de-cola vendido em mais de 140 países. É produzida pela The Coca-Cola Company, que também é ocasionalmente referida como Coca-Cola ou Coke. É a marca mais conhecida e vendida do mundo. A maior concorrente da Coca-Cola é a Pepsi. Além de "Coca-Cola", o refrigerante recebe os nomes de "Coca", "Coke" ou apenas "Cola" dependendo de cada país ou região.

Criada pelo farmacêutico John Pemberton em 1886 e originalmente produzida como um remédio patenteado, a Coca-Cola alterou sua fórmula original e gradativamente conquistou novos mercados. Um dos responsáveis pelos sucesso da Coca-Cola Company foi o empresário Asa Griggs Candler, cujas táticas agressivas de marketing levaram a empresa a conquistar largas fatias do mercado de refrigerantes no mundo, a partir do século XX até os dias atuais.

A The Coca-Cola Company enfrenta acusações de que a Coca-Cola traria efeitos colaterais perversos na saúde de consumidores, não havendo comprovação científica ou consenso sobre o assunto. Há também acusações de práticas monopolistas por parte da multinacional.

História

História da Coca-Cola
O museu World of Coca-Cola em Las Vegas (Estados Unidos) mostra memorábilia de várias décadas e oferece amostras de refrigerante de vários lugares do mundo
A bebida Coca-Cola foi desenvolvida a partir da fórmula de um remédio, calmante para tosse, dosado pelo farmacêutico John Styth Pemberton em 1886 em Columbus, no estado da Geórgia, EUA. Recebeu originalmente o nome de Pemberton´s French Wine Coca. Ele foi inspirado pelo sucesso formidável de um produto similar europeu de Angelo Mariani chamado Vin Mariani.[1]

A bebida recebeu o nome de Coca-Cola porque originalmente o estimulante misturado na bebida era cocaína, que vem das folhas de coca, originalmente da Colômbia - País da América do Sul. A bebida também recebeu seu sabor de noz de cola. Hoje, o estimulante foi alterado para cafeína, mas o sabor ainda é feito através de noz de cola e folha de coca. A cocaína foi removida das folhas e a bebida não contém traços da droga. Era vendida originalmente como remédio por cinco cents o copo. Depois foi relançada como bebida leve. As primeiras vendas foram feitas na Farmácia de Jacob na cidade de Atlanta, em 8 de maio de 1886, e pelos primeiros oito meses apenas nove bebidas eram vendidas durante o dia todo. Pemberton anunciou a bebida pela primeira vez em 29 de maio do mesmo ano no Atlanta Journal.

A princípio, o concentrado era embalado em pequenos barris de madeira, na cor vermelha. Por isso, o vermelho foi adotado como cor oficial da bebida. Até 1915, uma pequena quantidade de cocaína estava entre os ingredientes do refrigerante.

Asa Griggs Candler comprou Pemberton e seus parceiros em 1887 e começou a realizar uma campanha agressiva de marketing do produto. A eficiência destes anúncios não seria percebida até muito tempo depois. Pela época de seu 50º aniversário, a bebida já tinha alcançado status de ícone nacional americano.

A Coca-Cola foi vendida em garrafas pela primeira vez em 12 de março de 1894 e as primeiras latas de alumínio da Coca apareceram em 1955. O primeiro engarrafamento da Coca-Cola ocorreu em Vicksburg, Mississippi na Biedenharn Candy Company em 1891. Seu proprietário era Joseph A. Biedenharn. As garrafas originais eram garrafas Biedenharn, muito diferentes do visual atual de silhueta que as garrafas possuem. Asa Candler estava em dúvidas quanto ao engarrafamento da bebida, mas os dois empreendedores que propuseram a idéia foram tão persuasivos que Candler assinou um contrato dando-lhes controle total do procedimento. Porém o contrato tornar-se-ia ainda um problema por décadas para a companhia, devido aos seus termos um tanto falhos.
História da Coca-Cola
Um copo com Coca-Cola e gelo
Quando os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial, os soldados americanos enviaram cartas para a Coca-Cola Company, pedindo que a bebida lhes fosse fornecida. Motivada com as cartas, a Coca-Cola desenvolveu "fábricas" móveis que foram enviadas para as frentes de batalha junto com técnicos da empresa, que garantiam a produção e a distribuição da bebida para os soldados. Apesar dos custos de produçao na frente de batalha serem elevados, a companhia decidiu arcar com os mesmos, numa tática de marketing, vendendo o refrigerante pelo mesmo preço praticado nos EUA. Tendo em vista a sua associação com os produtos americanos e os Estados Unidos, ela acabou exercendo o papel de um símbolo patriótico. A popularidade da bebida aumentou bastante após a guerra, quando os soldados voltaram fazendo propaganda do refrigerante. Então foi lançado um tipo de embalagem que vendia 6 garrafas de coca-cola (sixposts), a qual se tornou preferida das donas de casa americanas.

Hoje em dia, são vendidas cerca de 40 mil latinhas e garrafas de Coca-Cola por segundo nos Estados Unidos. O produto é vendido em mais de 140 países.

Fórmula da Coca-Cola

A fórmula da coca-cola, para fins nutricionais é a que segue abaixo:
Informação nutricional de Coca-Cola
Porção de: 200ml (1 copo)
Quantidade por porção VD%
Valor Energético 85kcal = 361kJ 4
Sódio 10mg
A matéria-prima da Coca-Cola refrescos, é um segredo industrial protegido por várias patentes. A cópia dessa fórmula é guardada no cofre principal do SunTrust Bank em Atlanta. Seu predecessor, a Trust Company, supervisionou a oferta pública inicial em 1919 da Coca-Cola Company ([5]). Uma lenda urbana diz que apenas dois executivos têm acesso à fórmula, com cada um deles tendo acesso a apenas metade da fórmula. De fato, a Coca-Cola possui uma regra restringindo o acesso a apenas dois executivos, cada um sabendo a fórmula completa e outros, além da dupla descrita, conhecem o processo de formulação.

Publicidade e a Coca-Cola

Anúncio publicitário da Coca-Cola (1900).Embora os brasileiros não tenham notado a Coca-Cola Refrescos S/A foi uma das empresas estrangeiras mais inovadora em anuncios além dos vários já conhecidos "slogans" em seus anúncios na sua longa história, incluindo "A pausa que refresca", "Gostaria de comprar uma Coca para o mundo", "Isso é que é", "Coca-Cola é isso aí", "Coca-Cola dá mais vida a tudo...", "Tudo vai melhor com Coca-Cola", "Emoção pra valer", além das mais recentes: "Essa é a real", "Tudo de vibe" e as últimas lançadas "Viva o que é bom." e "Viva o lado Coca-Cola da Vida". Também é sobejamente conhecida a frase "Sempre Coca-Cola", assim como, em Portugal, o famoso slogan criado pelo poeta Fernando Pessoa: "Primeiro estranha-se, depois entranha-se!" dessa última frase foi inspirada no modelo de propaganda direta com o consumidor elaborado pela empresa, quando distribuiu direta e gratuitamente, conforme o número de pessoas de cada lar brasileiro, unidades do saboroso refrigerante coca-cola.

Onipresença dos anúncios

Os anúncios da Coca foram sempre muito penetrantes e influentes, já que um dos objetivos de Woodruff era assegurar que todo mundo na Terra bebesse Coca-Cola como sua bebida preferida. Em alguns lugares, anúncios da Coca-Cola são quase onipresentes, especialmente em áreas mais ao sul da América do Norte, como em Atlanta, onde a Coca surgiu. Os Jogos Olímpicos de Verão de 1996 foram em Atlanta, e como resultado, a Coca-Cola recebeu publicidade gratuita. A Coca-Cola também foi a primeira patrocinadora dos Jogos Olímpicos, nos Jogos de 1928 em Amsterdã.

Compra da Columbia Pictures

Numa tentativa de aumentar seu portfólio, a Coca-Cola comprou a Columbia Pictures em 1982. A Columbia ofereceu publicidade para produtos da Coca em seus filmes enquanto esteve sob comando da empresa, mas depois de alguns sucessos, a Columbia começou a ir mal nas finanças, e foi largada pela companhia em 1989.
História da Coca-Cola
Trem na Alemanha completamente anunciado pela Coca-Cola

Coca-Cola vs. Papai Noel

A publicidade da Coca-Cola tem tido um impacto significativo na divulgação da cultura norte-americana, sendo freqüentemente creditada à bebida a "invenção" da imagem moderna do Papai Noel como um homem idoso em roupas vermelhas e brancas, justamente as cores da Coca-Cola. Apesar disso, a companhia começou a promover esta imagem de Papai Noel somente na década de 1930, nas suas campanhas de inverno; mas usar esta imagem de Papai Noel já era comum antes disso.[6] Na década de 1970, uma canção de um comercial da Coca-Cola chamado "I´d Like to Teach the World to Sing (eu gostaria de ensinar o mundo a cantar)", produzida por Billy Davis, tornou-se uma música popular de sucesso, mas não há evidências de que tenha, de fato, ajudado a aumentar as vendas do produto.
História da Coca-Cola
Desfile em Avaré, Brasil, 2006
História da Coca-Cola
Líquido negro (ou cor de caramelo escuro) semi-transparente caracterísitico da bebida em sua garrafa mais famosa

Slogans

No Brasil

1942: "A pausa que refresca"
1952: "Isto faz um bem"
1957: "Signo de bom gosto"
1960: "Coca-Cola refresca melhor"
1964: "Tudo vai melhor com Coca-Cola"
1970: "Isso é que é"
1976: "Coca-Cola dá mais vida"
1979: "Abra um sorriso. Coca-Cola dá mais vida."
1982: "Coca-Cola é isso aí"
1988: "Emoção pra valer!"
1993: "Sempre Coca-Cola"
2000: "Curta"
2001: "Gostoso é viver"
2003: "Essa é a real"
2004: "Viva o que é bom"
2006: "O lado Coca-Cola da vida"
2007: "Viva o lado Coca-Cola da música"
2008: "Cada gota vale a pena"
Fonte: www.centraldecomida.com

3 comentários :

  • Ana Paula says:
    17 de julho de 2011 01:07

    Juro que este post me deu sede. Mesmo com todos os ônus e bônus, ela continua deliciosa ;)

  • ONG ALERTA says:
    17 de julho de 2011 19:35

    Um xarope que deu certo...beijo Lisette.

  • Brasil Desnudo says:
    17 de julho de 2011 20:08

    Olá, meu Amigo Lu!

    Ótima matéria, a sua!

    1851 anos após São Nicolau ter sido intitulado o papai noel os pobres, deixando seus saquinhos com moedas nas casas dos mais pobres, e em cada canto do mundo ganhos nomes diferente: Santa Claus, Papai Noel e Pai Natal, mas que refletia o mesmo efeito, trazer paz e harmonia à todos.

    Não perdendo a oportunidade de associar essa bondade de um homem que nada querida pra si, a marca coca coca mais que de pressa, associou as cores das roupagem usada por ele, que antes era marrom e verde, passando depois para vermelha e branca, tratou de elaborar um Marketing que iria alavancar as vendas do produto em grande escada mundo a fora.

    Sempre bom bom vir aqui e ficar por dentro de fatos da história que poucos conhecem, mas que bebem como água, a danadinha da coca cola..rsrsrs

    Andei meio que sumido nesses 45 dias, mas totalmente focado no trabalho e viajando direto, mas agora parece que estarei mais tranquilo.

    Uma noite maravilhosa pra ti e, um ótimo começo de semana pra ti, meu amigo Lu.

    Marcio RJ


    Ahh! como faço pra entrar no blog do guará, pois tentei e não consegui de jeito nenhum.

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.