Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

14 de fevereiro de 2012

Valentim ou Valentinus dia

14 DE FEVEREIRO

São Valentim, (ou Valentinus em latim), é um santo reconhecido pela Igreja Católica e igrejas orientais que dá nome ao Dia dos Namorados em muitos países, onde celebram o Dia de São Valentim.
O nome refere-se a pelo menos três santos martirizados na Roma antiga.
Durante o governo do imperador Cláudio II, este proibiu a realização de casamentos em seu reino, com o objectivo de formar um grande e poderoso exército.
Cláudio acreditava que os jovens se não tivessem família, alistariam-se com maior facilidade. No entanto, um bispo romano continuou a celebrar casamentos, mesmo com a proibição do imperador.
Seu nome era Valentim e as cerimónias eram realizadas em segredo.
A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte.
Enquanto estava preso, muitos jovens jogavam flores e bilhetes dizendo que os jovens ainda acreditavam no amor.
Entre as pessoas que jogaram mensagens ao bispo estava uma jovem cega: Asterias, filha do carcereiro a qual conseguiu a permissão do pai para visitar Valentim.
Os dois acabaram apaixonando-se e milagrosamente a jovem recuperou a visão.
O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: de seu Valentim, expressão ainda hoje utilizada. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270.
A voz popular fez deste santo o padroeiro dos namorados, possivelmente porque, no tempo em que viveu São Valentino, a religião cristã era muito perseguida e os pares se casavam as escondidas com o ritual da igreja.
Considerado o Deus do amor ou Cupido, ele é o padroeiro dos enamorados e de todas aquelas pessoas que querem ter um amigo ou uma amiga para compartilhar as coisas boas e ruins da vida.
Nos Estados Unidos, Inglaterra e grande parte da Europa, sua festa é celebrada no estilo do Natal. Durante uma semana acontecem festas e compras de produtos relacionados com o namoro e o noivado.
Sua festa é celebrada no dia 14 de fevereiro. Neste dia, naquele templo, é celebrado um ato de compromisso dos casais que querem se unir em matrimônio no ano seguinte.

AQUI NO BRASIL

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, dia de Santo Antônio, santo português com tradição de casamenteiro, provavelmente devido suas pregações a respeito da importância da união familiar que era combatida pela heresia da época chamada Catarismo. O casamento - em queda na Idade Média - gerava filhos que a seita cátara condenava pois para esta seita, o mundo era intrinsicamente mau pois, ao invés de ter sido criado por um Deus bom, teria sido criado por um Deus mau.
Aqui no Brasil, é comemorado em 12 de junho apartir de 1949, quando o publicitário João Dória trouxe a idéia do exterior e a apresentou aos comerciantes. Como junho é um mês de vendas baixas, eles decidiram comemorar a data nesse mês e ainda escolheram a véspera de Santo Antônio, o santo casamenteiro como o Dia dos Namorados.
A data provavelmente surgiu no comércio paulista e depois foi assumida por todo o comércio brasileiro para reproduzir o mesmo efeito do Dia de São Valentim: incentivar a troca de presentes entre os apaixonados. E parece que deu certo, não é?! O dia dos namorados é uma das datas mais importantes para o comércio pois não só namorados querem presentear nesse dia, mas também casais casados comemoram a data.vemfazerhistoria.blogspot.com
Quem foi São Valentino?
Era um sacerdote e nasceu em Roma nos meados do seculo III e gozou de grande prestigio naquela cidade até que o Imperador Cláudio II o convidou ao seu palácio para saber o porque de sua fama. Segundo a tradição São Valentino aproveitou aquela ocasião para fazer uma bonita e convincente propaganda da religião cristã e convencer ao Imperador Cláudio que seguisse os passos de Jesus.
Embora em principio, Cláudio II se sentisse atraído por aquela religião, que os mesmos romanos perseguiam, os soldados do Governador de Roma, Calpurnio o obrigaram a desistir e organizaram uma campanha contra o nosso querido santo. Cláudio não teve outra saída a não ser voltar atras e mandar que Calpurnio o processasse .
Mas quem levaria a cabo aquela missão seria o lugar tenente do governador , um homem de nome Austérius. Quando São Valentino foi levado ante ele, este zombou da religião cristã, e pôs a prova a fé de São Valentino, perguntando a ele se poderia devolver a visão a sua filha cega de nascença. São Valentino aceitou o desafio e em nome do Senhor fez o prodígio e Austérius e toda a sua família se converteram ao cristianismo, mas São Valentino não se salvou do martírio já que, temendo uma rebelião do exército, o imperador mandou que o executassem, isto no ano de 270.
As relíquias de São Valentino estão atualmente na Basílica de São Valentino situada na cidade de Terni, Itália.
Sua festa é celebrada no dia 14 de fevereiro. Neste dia, naquele templo, é celebrado um ato de compromisso dos casais que querem se unir em matrimonio no ano seguinte.
Nota
Na Catalunha (Espanha) o dia dos namorados é celebrada no dia de São Jorge, 23 de abril.
No Brasil, o dia dos namorados é celebrado na véspera do dia de Santo Antônio, 12 de junho .



Fonte: pt.wikipedia.org,     www.cademeusanto.com.br

3 comentários :

  • ZilMar says:
    14 de fevereiro de 2012 14:11

    Lu,eu acho uma história triste...

    a verdade é que o Amor sempre falou mais alto...

    Happy Valentine's Day!!!!



    Zil

  • Geyme Lechner Mannes says:
    15 de fevereiro de 2012 07:52

    Até para o santo, quando se trata de amor, a história é triste, rsrsrs Dizem que quando amamos, sofremos, pois mesmo que esteja tudo certo, há o medo de perder...

    Eu particularmente, nao comemorei a data, pois tenho a política de boicotar o comércio, hahaha


    ...O Blog do Lu ainda se tornará uma Wikipédia!!!!

    Beijo grande, amigo!!!

  • Prof. Adinalzir says:
    18 de fevereiro de 2012 20:15

    É isso aí! Os blogs do Lucidreira sempre divulgando conhecimento de primeira qualidade. Aquele abraço! :-)

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.