Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

9 de junho de 2012

A cafeína ajuda a reduzir riscos de Alzheimer

Imagem Google

Consumir cafeína pode ajudar a reduzir as chances de idosos com comprometimento cognitivo leve desenvolverem doença de Alzheimer, de acordo com uma pesquisa feita nas universidades do Sul da Flórida e de Miami, nos Estados Unidos. Os resultados, que foram publicados nesta terça-feira no periódico Journal of Alzheimer’s Disease, mostraram que nenhum dos participantes do estudo que beberam ao menos três xícaras de café ao dia foi acometido pela doença durante o período da pesquisa.

“Essas conclusões são intrigantes e sugerem que idosos que consomem mais cafeína não desenvolvem a doença de Alzheimer ou apresentam a demência com um atraso substancial”, diz o neurocientista e coordenador do estudo, Chuanhai Cao. O pesquisador explica que esse efeito protetor da cafeína mostrou-se eficaz especialmente em indivíduos mais velhos e com comprometimento cognitivo leve, que não é uma demência, mas já é um quadro de diminuição da capacidade mental. De acordo com o artigo, 15% das pessoas com esse comprometimento acabam desenvolvendo a doença de Alzheimer.

Os pesquisadores acompanharam durante quatro anos 124 indivíduos de 65 a 88 anos. Eles analisaram a capacidade cognitiva e os níveis de cafeína na corrente sanguínea de cada um. A equipe observou que os níveis de cafeína medidos no início do estudo eram 51% menores no sangue das pessoas que tinham comprometimento cognitivo leve e que desenvolveram Alzheimer ao longo dos quatro anos, do que no daquelas que tinham o comprometimento, mas não foram acometidas pela demência. Além disso, nenhum paciente do grupo que mais consumiu cafeína — cerca de três xícaras de café ao dia — teve Alzheimer no período da pesquisa.

“Não estamos afirmando que a cafeína elimina completamente os riscos de uma pessoa ter Alzheimer, mas sim que ela pode ajudar a reduzir essas chances ou a retardar o surgimento da doença”, diz Cao. “Podemos dizer que a ingestão moderada de café é a melhor opção para prevenir o Alzheimer, já que a bebida é barata, disponível, atinge facilmente o cérebro e tem poucos efeitos colaterais para a maioria de nós”.

Fonte: Veja

5 comentários :

  • Olinda Melo says:
    9 de junho de 2012 04:45

    Bom dia, LuCidreira


    Excelente informação. O Alzheimer é uma doença incapacitante e degenerativa que cada vez mais ataca os idosos. É bom termos conhecimento destas pesquisas que visam minorar os seus efeitos.

    E, já agora, abriu-me o apetite para o café da manhã. Sou uma grande apreciadora de café. :)

    Abraço e bom fim de semana.

    Olinda

  • Tia da creche says:
    9 de junho de 2012 10:04

    Oi Lu tudo bem?
    Bom se o café e bom para a nossa saúde ou é um vilão não sei...mas que eu adooooro e tomo em media 6 vezes por dia ou mais dependendo do dia...do stress sei lá ,que é bom é...parabéns pela postagem,um ótimo final de semana,bjs.

  • Pedro Luis López Pérez says:
    9 de junho de 2012 20:16

    ¡Hay que ver con la cafeina!
    Muy buen informe y Entrada, Lu.
    Un abrazo.

  • Mary says:
    10 de junho de 2012 08:30

    Sério? puxa vida amo café, e até hoje só ouvi falar dos malefícios, bebo o dia inteiro, minha bebida predileta.
    Bom domingo
    bjs Mary

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    11 de junho de 2012 10:41

    Saúde é o bem maior da vida ... portanto cuidemo-nos ... homens e mulheres ...

    bjão

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.