Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

18 de junho de 2012

TPM entenda sobre ela

Imagem Google

TPM (Tensão Pré-Menstrual)

A tensão pré-menstrual (TPM) é um conjunto de sintomas físicos, psicológicos e emocionais que muitas mulheres sentem no período que antecede a vinda da menstruação, geralmente uma a duas semanas antes do início do ciclo menstrual. Normalmente os sintomas desaparecem logo depois que ocorre a menstruação.
Durante o ciclo menstrual, muitas mudanças ocorrem no corpo da mulher e elas podem provocar alterações de humor, câimbras e vários outros sintomas. A tensão pré-menstrual (TPM) ainda é uma complexa condição não completamente entendida. Acredita-se que é provocada pelas mudanças nos níveis de progesterona e estrogênio.
A tensão pré-menstrual (TPM) é uma condição comum para mulheres em seus anos reprodutivos. Estima-se que três em cada quatro mulheres que menstruam apresentam a TPM de alguma forma. Esses problemas aparecem com mais frequencia nas mulheres entre 25 e 40 anos a tendem a ocorrer em um padrão previsível. No entanto, os sintomas sentidos na TPM podem ser mais ou menos intensos em cada ciclo menstrual.

Sintomas

Para muitas mulheres os sintomas da tensão pré-menstrual (TPM) são uma parte desagradável comum de seus ciclos menstruais.
Os sintomas mais comuns associados a TPM são:
  • Ganho de peso por retenção de líquidos
  • Inchaço abdominal
  • Sensibilidade nos seios
  • Tensão ou ansiedade
  • Humor depressivo
  • Alterações de humor, irritabilidade ou raiva
  • Mudanças de apetite e desejos por comida
  • Dificuldades para pegar no sono e insônia
  • Dores musculares e nas juntas
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
Embora a lista de sintomas seja longa, a maioria das mulheres sente apenas alguns destes problemas acima. Para algumas mulheres as dores físicas e o estresse emocional podem ser severos a ponto de afetar suas rotinas e atividades.

Causas

Estudos ligam os sintomas da TPM com altos níveis de estrogênio no corpo da mulher antes e depois da menstruação. As mulheres em pré-menopausa com altos níveis de estrogênio sentem a TPM de forma mais frequente e severa.
Exatamente o que causa a TPM ainda não é completamente entendido mas já se sabe que muitos fatores contribuem para essa condição. Mudanças cíclicas nos hormônios parecem ser uma importante causa porque os sintomas da TPM variam de acordo com flutuações hormonais e também desaparecem que a gravidez e menopausa.
Mudanças químicas no cérebro também parecem estar envolvidas. Isto porque estudos apontam que a causa está ligada também a flutuações de serotonina, um neurotransmissor do cérebro que desempenha um papel crucial no humor, especialmente na depressão. Quantidades insuficientes de serotonina podem contribuir ainda para outros sintomas da TPM como: cansaço, desejos por comida e problemas de sono.
As vezes, algumas mulheres com TPM severa apresentam depressão não diagnosticada, o que indica que a depressão é um fator agravante. Da mesma forma, o estresse também agrava os sintomas.
Alguns sintomas da TPM foram correlacionados a baixos níveis de vitaminas e minerais. Outros fatores que podem contribuir negativamente para TPM são: comer muito sal (que provoca retenção de fluídos) e beber álcool e bebidas com cafeína (que provoca alterações no humor e níveis de energia).

Como se livrar da TPM?

Você não precisa deixar que os problemas da TPM controlem a sua vida. Nos anos recentes, muito se descobriu sobre esta condição. Tratamentos e ajustes no estilo de vida podem ajudar a reduzir e controlar.
Como cada mulher é diferente, nenhum tratamento acaba com todos os sintomas da TPM em todas as mulheres. Por isso uma combinação das soluções abaixo pode ser o ideal para você.

Dieta e Estilo de Vida

Os sintomas parecem ser mais problemáticos para mulheres que fumam, levam uma vida estressante, raramente se exercitam, dormem pouco ou que a dieta tenha altos níveis de cafeína, álcool, sal, carne vermelha ou açúcar.
Vários estudos sugerem que dietas com baixos níveis de gordura e altos níveis de fibras podem ajudar a reduzir os sintomas da TPM.
Mulheres com TPM que correram em média 20 km por semana por 6 meses reduziram os sintomas da TPM incluindo redução na sensibilidade dos seios, retenção de líquidos, depressão e estresse. Os médicos frequentemente recomendam que mulher com TPM se exercitem regularmente para reduzir os sintomas.
Entenda seu corpo. Mantenha um diário para anotar mudanças físicas e emocionais que você tiver e quando elas acontecem no ciclo. Dessa forma você poderá compreender os sintomas, quando acontecem, avaliar a melhora nos sintomas e melhor conversar com seu médico.

Suplementos que podem ajudar

Vitamina B6

Muitos estudos mostraram que tomar 50 a 400 mg de vitamina B6 por dia por vários meses ajuda a aliviar os sintomas da TPM Uma analise dos mais controlados experimentos mostrou que a vitamina B6 é mais de duas vezes eficaz que placebo na redução dos sintomas da TPM. Muitos médicos sugerem 100 a 400 mg por dia por pelo menos três meses.

Vitex

Estudos mostraram que o fitoterápico Vitex ajuda a restabelecer o equilíbrio normal entre o estrogênio e a progesterona durante o ciclo menstrual. Vitex também bloqueia a secreção de prolactina em mulheres com níveis excessivos desse hormônio. Níveis excessivos de prolactina podem levar a sensibilidade dos seios e incapacidade de ovular. Um estudo duplo-cego confirmou que vitex reduz os níveis elevados de prolactina antes do inicio do ciclo menstrual. Estudos mostram que tomar vitex uma vez toda manhã por um período de alguns meses ajuda a normalizar o equilíbrio hormonal e assim aliviar os sintomas da TPM. Outros estudos duplo-cego mostraram que mulheres que tomaram 20 mg de extrato concentrado de vitex por dia durante três ciclos menstruais tiveram uma redução significativa nos sintomas da TPM. Duas pesquisas examinaram 1542 mulheres com TPM que tomaram um líquido de extrato de vitex para seus sintomas de TPM por até 16 anos. Tomando em média 42 gotas por dia, 92% das mulheres pesquisas relataram a eficacia de vitex como "muito bom", "bom" ou "satisfatório". Muitos médicos recomendam 40 gotas de concentrado de vitex por dia ou o equivalente em cápsulas pela manhã com algum líquido. Vitex deve ser tomado por pelo menos quatro ciclos para avaliar sua eficácia.

Cálcio

Mulheres que consomem mais cálcio são menos propensas a sofrer de TPM severa. Um amplo estudo duplo-cego descobriu que mulheres que tomaram 1200 mg de cálcio por dia durante três ciclos menstruais tiveram uma redução de 48% nos sintomas da TPM. Outros experimentos duplo-cego mostraram que suplementar com 1000 mg de cálcio por dia alivia os sintomas pré-menstruais.

GLA / Óleo de Prímula

Estudos mostram que mulheres que sofrem com TPM tem um problema na conversão de ácido linoleico (uma ácido graxo essencial) em ácido gama linoleico (GLA). Como a deficiência de GLA parece ser uma causa da TPM, pesquisadores afirmam que a suplementação com GLA ou óleo de prímula (muito rico em GLA) pode reduzir de forma significativa os sintomas da TPM. Em vários estudos duplo-cegos, o óleo de prímula mostrou ser muito benéfico. Muitos médicos recomendam óleo de prímula no tratamento da TPM. A quantidade normalmente recomendada é de 3 a 4 gramas por dia. Estudos indicam que o óleo de prímula funciona melhor após o uso por vários cíclos menstruais.

Magnésio

Mulheres com TPM tem uma tendência maior de serem deficientes de magnésio. A suplementação com magnésio pode ajudar a reduzir os sintomas. Em um estudo duplo-cego usando 200 mg de magnésio por dia durante dois meses foi relatado uma redução significativa nos sintomas relacionados a TPM (retenção de líquidos, ganho de peso, inchaço nas extremidades, sensibilidade nos seis e inchaço abdominal). Estudos indicam que magnésio é eficaz também na redução de sintomas de dores de cabeça relacionadas a TPM. A quantidade de magnésio ideal ainda está para ser determinada. No entanto, muitos médicos recomendam 400 mg por dia. Os efeitos do magnésio podem começar a aparece depois de dois a três meses.

Ginkgo Biloba

Um estudo duplo-cego mostrou que extrato de ginkgo biloba quando tomado diariamente desde o dia 16 de um ciclo menstrual até o dia 5 do próximo ciclo menstrual alivia os sintomas congestivos e psicológicos da TPM. O experimento usou 80 mg de extrato de ginkgo biloba duas vezes por dia.

Proteína de Soja

Estudos mostram que a soja é uma grande aliada da saúde menstrual por alterar favoravelmente os níveis de estrogênio e o metabolismo de estrogênio. Outros estudos mostram que a soja aumenta o tempo entre cada ciclo menstrual em 1 a 3 dias, assim criando menos oportunidades para a TPM ocorrer. Além disso, a soja pode causar um impacto positivo no metabolismo de estrogênio ao fazer o corpo produzir quantidades menores de metabolitos de estrogênio não-saudáveis. [42] Ou seja, o consumo de soja pode naturalmente equilibrar os níveis de estrogênio do corpo para ajudar a regularizar os níveis hormonais. Dois novos estudos da Inglaterra e Japão sugerem que as isoflavonas da soja são realmente eficazes contra a TPM. Os pesquisadores japoneses concluíram que os sintomas físicos da TPM melhoraram significativamente nas mulheres que consumiram isoflavonas de soja diariamente. O consumo de soja por vários meses pode ser necessário para começar a sentir os efeitos benéficos no equilíbrio dos níveis de estrogênio.

Isoflavonas Isoladas

Esta é uma forma de obter as isoflavonas isoladamente (sem proteínas ou outros nutrientes). Como você viu acima, as isoflavonas desempenham um papel no alívio dos sintomas da TPM.

Cimicifuga

O fitoterápico cimicifuga é amplamente usado na Alemanha por mulheres com TPM. Seu uso no mundo se popularizou em mulheres em menopausa mas também é muito usado por mulheres com TPM como antiespasmódico e anti-câimbras.

Vitamina E

Embora mulhers com TPM não pareçam ser deficientes em vitamina E um estudo duplo-cego mostrou que 300 IU de vitamina E por dia pode diminuir os sintomas da TPM.

Multivitaminicos

Diversos estudos com mutlivitaminicos (complexos de vitaminas e minerais) mostraram a capacidade destes em reduzir os sintomas da TPM. Um estudo especifico com um suplemento diário de vitamina B6 (600 mg), magnésio (500 mg), vitamina E (200 IU), vitamina A (25000 IU), vitaminas do complexo B e varias outras vitaminas e minerais mostrou bons resultados.

TPM (Tensão Pré-Menstrual)

Segundo estatísticas, cerca de 85% das mulheres sofrem deste transtorno. As pessoas que convivem e se relacionam com estas mulheres também são afetadas.
O ciclo menstrual se divide em duas fases, a primeira que deve ser contada do 1º dia da menstruação até a ovulação, é a fase em que o corpo se prepara para uma possível fecundação, onde o hormônio estrógeno propicia bom humor, disposição, predisposição ao sexo, sedução e alegria. E a outra fase, regida pelo hormônio progesterona que mesmo que não haja uma gravidez, propicia introspecção, sensibilidade, sonolência, melancolia e invariavelmente inchaços. Hábitos alimentares, estresse e ansiedade, aliados a alterações hormonais desencadeiam sintomas desagradáveis que comprometem a qualidade de vida.
Existem 04 tipos de TPM

Tipo A

Sintomas - ansiedade, irritabilidade e oscilação de humor.
Inimigos - café, refrigerantes, laticínios e seus derivados, chocolate e bebidas alcoólicas.
Aliados - castanha do Pará, salmão, banana, ameixa, aveia, linhaça, azeite, pão integral, inhame e leite de soja.
Atividades - alongamento, exercícios respiratórios, yôga e massagem.

Tipo C

Sintomas - desejo de doce, dor de cabeça e fadiga.
Inimigos - açúcar, frutas muito doce, álcool e chocolate.
Aliados - pão integral, iogurte, figo, germe de trigo, tomate, saladas verdes, carne branca e leite de soja.
Atividades - caminhadas, natação, hidroginástica e massagem.

Tipo H

Sintomas - inchaço e dores nos seios e cansaço nas pernas.
Inimigos - laticínios e seus derivados e sal.
Aliados - água, tangerina, melão, melancia, água de côco, castanha do Pará, pão integral e leite de soja.
Atividades - caminhadas, natação, hidroginástica e massagem.

Tipo D

Sintomas - insônia, melancolia, depressão, perda de memória e confusão mental.
Inimigos - laticínios e seus derivados e álcool. Aliados - café (com moderação, de preferência no período da manhâ), castanha do Pará, pão integral, ovo, salmão, melão, tomate, germe de trigo e leite de soja.
Atividades - aulas de aeróbica, danças, caminhadas acompanhadas, hidroginástica e massagem.
Fonte: www.corpoperfeito.com.br,   www.medchinesa.com.br



5 comentários :

  • Tunin says:
    18 de junho de 2012 16:22

    Lú, essa incômoda TPM inferniza a vida das mulheres e também dos homens que sofrem ao vê-las sofrerem.
    Que todas as mulheres pudessem ler este bem informativo texto!
    Abração.

  • Anne Lieri says:
    18 de junho de 2012 18:08

    Muito boa essa informação sobre as várias causas da TPM.Graças a Deus, nunca tive muito forte, só dores de cabeça no inicio da menopausa.Valeu pelas dicas!bjs e boa semana!

  • Evanir says:
    18 de junho de 2012 21:28

    Boa Noite Amigo .
    Gostei muito da sua postagem percebo que tem cuidado com a saúde da mulher isso é muito importante e um gesto de carinho magnifico da sua parte.
    Amigo confeso que li umas coisas que ainda não sabia.
    Tenho uma filha que ninguém aguenta na TPM já copiei sua postagem vou enviar para ela por email.
    Obrigada amigo.
    linda semana beijos.
    Evanir..

  • Paty Michele says:
    18 de junho de 2012 21:36

    conheço bem essa maldita.
    Agora mesmo tô querendo comer as paredes de tanta ansiedade.

    grrrrr...
    rsrs

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    19 de junho de 2012 10:55

    e qdo nós homens temos a nossa TPM? ou o machismo nos impede de achar q tb somos vítimas destes nefastos dias ... OMG! rs

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.