Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

5 de junho de 2012

Vamos comemorar o Meio Ambiente

Imagem Google

5 de junho

Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas - ONU, de 1972, para marcar a abertura da 1a Conferência Mundial de Meio Ambiente, em Estocolmo, na Suécia. Na mesma ocasião, outra resolução criou também a UNEP - o Programa da ONU para o Meio Ambiente.
Celebrado de várias maneiras (paradas e concertos, competições ciclísticas ou até mesmo lançamentos de campanhas de limpeza nas cidades), esse dia é aproveitado em todo o mundo para chamar a atenção política para os problemas e para a necessidade urgente de ações.

Ecologia

meio ambiente e a ecologia passaram a ser uma preocupação em todo o mundo, em meados do século XX. Mas já no século XIX um biólogo alemão, Ernst Haeckel (1834-1919), criou formalmente a disciplina que estuda a relação dos seres vivos com o meio ambiente, ao propor, em 1866, o nome ecologia para esse ramo da biologia.
Junção das palavras gregas oikos (casa) e logos (estudo), a disciplina ficou restrita aos meios acadêmicos até bem pouco tempo.
Ela só ganhou dimensão social após um acidente de grande proporção, que derramou 123 mil toneladas de óleo no mar, na costa da Inglaterra, em 1967, com o petroleiro Torrey Canion.

A data costuma ser lembrada com denúncias de diversos atentados contra a natureza e com alertas de perigos iminentes para a vida na Terra. Em geral, são informações sobre catástrofes climáticas, agravadas pelo aquecimento global, extinções de espécies de animais e plantas, escassez de água doce, poluição atmosférica e devastação de florestas, entre outras previsões aterradoras para o futuro da humanidade. Mas será que não existe boa notícia quando se fala em meio ambiente?
Será que estamos vivendo um terrível pesadelo e mal nos damos conta disso? Ou os meios de comunicação, especializados e não, já estão acostumados a ter uma visão pessimista do mundo e não conseguem ver nada além?
Não se trata de desviar a atenção ou de pretender fechar os olhos para os graves problemas ambientais que temos para resolver. Sim, são graves e muitos.
Mas é bom deixar os olhos abertos para, também, reconhecer as soluções, os avanços e as conquistas já realizadas nesse campo.
Pensando, em particular, na educação ambiental, direcionada para crianças e jovens, achamos fundamental disseminar a esperança, no lugar do pessimismo.

Podemos considerar o meio ambiente como nosso país, nossa cidade, nosso bairro. É onde moramos (planeta Terra).
É a soma de tudo o que é matéria e energia de um lugar.
Freqüentemente, as interferências dos seres vivos provocam alterações no meio ambiente.
Essas interferências são causadas muitas vezes pelo ser humano e, por vezes, são irreversíveis. Todos os seres vivos dependem uns dos outros e dos recursos naturais que o planeta proporciona. Água, ar e solo são elementos essenciais para a manutenção da vida na Terra.
A água é indispensável para o surgimento da vida no planeta e é fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos. Ocupa três quartos da superfície terrestre, sendo que a maior parte é salgada, encontrada em mares e oceanos. Apenas 1% da água do planeta é considerada aproveitável para o consumo da grande maioria dos seres vivos. Por isso, há uma preocupação muito grande com a poluição e o desperdício da água.
O ar puro não tem cheiro, gosto ou cor e também não tem forma. Mas, mesmo assim, sabemos que ele é essencial para a respiração de todos os seres vivos.
Podemos perceber a presença do ar ao nosso redor de várias maneiras, seja pelo movimento do ar (vento), seja pela respiração dos peixes debaixo d'água. O ar é uma mistura de vários gases, entre eles o oxigênio. É tão importante que sua ausência provoca a morte.
O solo é a camada mais superficial da crosta terrestre e é formado ao longo de muitos anos pela interação entre as rochas, a água, a atmosfera e os seres vivos. É nele que as plantas se fixam e crescem, que os animais se locomovem e é dele que todos os seres vivos retiram materiais necessários à vida.
Fonte: UFGNet,  www.educacaopublica.rj.gov.brwww.ftd.com.br

6 comentários :

  • Tunin says:
    5 de junho de 2012 10:09

    Bem lembrado Lu, com excelentes esclarecimentos.
    Abração.

  • Pelos caminhos da vida. says:
    5 de junho de 2012 10:38

    Vamos cuidar sim. o Planeta agradece.

    Bom dia Lu.

    beijooo.

  • Mary says:
    6 de junho de 2012 05:53

    Cuidar sempre, atentos.
    Beijos

  • Mary says:
    6 de junho de 2012 05:53

    Cuidar sempre, atentos.
    Beijos

  • Vampira Dea says:
    6 de junho de 2012 22:10

    Oi Lú, nem sei se é comemorar viu, acho que é chorar mesmo, o nosso planeta de azul está ficando marrom...

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    7 de junho de 2012 14:22

    voltando querido amigo e retomando a vida como deve ser ...

    beijo grande e obrigado pelo carinho ... feliz festa de Corpus Christi

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.