Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

23 de agosto de 2012

O centenário do mestre da dramaturgia brasileira


 O Blog do Lu Cidreira não podia deixar de falar um pouco sobre esse monstro da dramaturgia brasileira Nelson Rodrigues além de dramaturgo era  jornalista, cronista, locutor e gostava de futebol como todo brasileiro, hoje 23 de agosto faria 100 anos caso não tivéssemos perdido na data de 21 de dezembro de 1980, deixou um legado de grandes crônicas e escritos que foram passadas para a TV  e para o cinema brasileiro.



Nelson Falcão Rodrigues (Recife, 23 de agosto de 1912 — Rio de Janeiro, 21 de dezembro de 1980) foi um importante dramaturgo, jornalista e escritor brasileiro, tido como o mais influente dramaturgo do Brasil.
Nascido no Recife, Pernambuco, mudou-se em 1916 para a cidade do Rio de Janeiro. Quando maior, trabalhou no jornal A Manhã, de propriedade de seu pai. Foi repórter policial durante longos anos, de onde acumulou uma vasta experiência para escrever suas peças a respeito da sociedade. Sua primeira peça foi A Mulher sem Pecado, que lhe deu os primeiros sinais de prestígio dentro do cenário teatral. O sucesso mesmo veio com Vestido de Noiva, que trazia, em matéria de teatro, uma renovação nunca vista nos palcos brasileiros. A consagração se seguiria com vários outros sucessos, transformando-o no grande representante da literatura teatral do seu tempo, apesar de suas peças serem tachadas muitas vezes como obscenas e imorais. Em 1962, começou a escrever crônicas esportivas, deixando transparecer toda a sua paixão por futebol. Veio a falecer em 1980, no Rio de Janeiro.

Leiam em Veja matéria completa sobre o monstro sagrado que foi Nelson Rodrigues.

Nelson Rodrigues, aos 100, ainda é a cara do Brasil real

Em VEJA desta semana, reportagem narra como Nelson Rodrigues inventou o teatro brasileiro; retratou a “nova classe média” antes até de ela existir oficialmente e criou tipos que continuarão por aí.

Fontes: Wikipédia, seite Nelson Rodrigues e Veja Abril 


5 comentários :

  • Aleatoriamente says:
    23 de agosto de 2012 19:16

    Nelson Rodrigues foi um grande escritor de dramaturgia.
    Seu enredo nos textos eram maravilhosos, e cheio de um encanto precioso.
    Uma bela escolha meu querido.

    Lu estou triste desde ontem. Mas vir aqui é sempre um prazer.
    Bjo

  • Bia Jubiart says:
    23 de agosto de 2012 22:51

    além de gênio, era e é fluminense! Como negar a geneialidade?sendo pó de arroz!

    Lu, desculpe mas não sabia que vc faz escultura, tem como vc mostrar seus trabalhos? Meu maridão na horas vagas esculpe, foi ele que fez a placa de madeira da Jubiart... Falta time p/ arte, ele é geotécnico. Cara, muda de região aqui tem muita madeira largada em fazendas e sobras de queimadas, dá pena do estrago!

    Tenha um sono relax!

    Beijoooooooooooo

  • Anne Lieri says:
    24 de agosto de 2012 11:35

    Lu,sem dúvida uma homenagem mais que merecida!Gostei de saber mais sobre Nelson Rodrigues!bjs e bom fim de semana!

  • Olinda Melo says:
    26 de agosto de 2012 21:40


    Não conhecia este dramaturgo.
    Obrigada por trazê-lo para o nosso convívio, com toda a informação sobre a sua vida e obra.

    Abraço

    Olinda

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    27 de agosto de 2012 12:03

    sem dúvida alguma o maior dramaturgo brasileiro ... homenagem justa e digna ...

    bjão

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.