Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

4 de outubro de 2012

O santo protetor da Paz e dos animais

Basilica de São Francisco, em Assis.

04 de Outubro

São Francisco de Assis nascido Francesco Bernardone, (Assis, 26 de setembro de 1181 — 3 de Outubro de 1226) foi um frade católico, fundador da "Ordem dos Frades Menores", mais conhecidos como Franciscanos. Foi canonizado em 1228 pela Igreja Católica, por seu apreço à natureza, é mundialmente conhecido como o santo patrono dos animais e do meio ambiente: as igrejas católicas costumam realizar cerimônias em honra aos animais próximas à data que o comemoram, dia 4 de outubro.
Biografia
Seu nome de batismo era inicialmente Giovanni Bernardone (João Bernardone), dado pela mãe provavelmente em homenagem a João Batista. Seu pai, Pedro Bernardone, o altera para Francesco Bernardone. Por razões ainda controversas, acredita-se que o nome seria uma homenagem à França, país com quem o pai mantinha relações comerciais. Outra possibilidde é que talvez sua mãe fosse de origem francesa. Em Assis o menino ficou conhecido como Francisco, ou seja o "pequeno francês".
Três ordens se articulam a partir da orientação de São Francisco:
À Ordem primeira, dos Frades Menores, incumbia o apostolado de seguir os passos do nosso Senhor Jesus Cristo e de exemplo de obediência para a Igreja.
À Ordem Segunda, das Pobres Damas, cabia o sacrifício, a oração e zelar pelo amor a Deus no Claustro.
À Ordem Terceira, dos Irmãos da Penitência, conhecida atualmente como Ordem Franciscana Secular, destinaria a missão de reavivar nas consciências a honestidade dos costumes e os sentimentos Cristãos de paz e caridade. Esta ordem é composta por homens e mulheres leigos que buscam em seu cotidiano levar a todos estes sentimentos, almejando a perfeição de vida Cristã sem abandonar a própria família ou renunciar às suas propriedades.
Carta aos Governantes dos Povos"
El Greco, São Francisco em oração, 1580 – 85, quadro em óleo, 115.5 x 103 cm.São Francisco escreveu:
A todos os podestás, cônsules, juizes e regentes no mundo inteiro, e a todos quantos receberem esta carta, Frei Francisco, mísero e pequenino servo no Senhor, deseja saúde e paz.
Considerai e vede que "se aproxima o dia da morte"(Gn 47,29). Peço-vos, pois, com todo o respeito de que sou capaz que, no meio dos cuidados e solicitudes que tendes neste século, não esqueçais o Senhor nem vos afasteis dos seus mandamentos. Pois todos aqueles que o deixam cair no esquecimento e "se afastam dos seus mandamentos" são amaldiçoados (Sl 118,21) e serão por Ele "entregues ao esquecimento" (Ez 33,13). E quando chegar o dia da morte, "tudo o que entendiam possuir ser-lhe-á tirado" (Lc 8,18). E quanto mais sábios e poderosos houverem sido neste mundo, tanto maiores "tormentos padecerão no inferno" (Sb 6,7).
Por isso aconselho-vos encarecidamente, meus senhores, que deixeis de lado todos os cuidados e solicitudes e recebais com amor o santíssimo sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, por ocasião de sua santa memória. Diante do povo que vos foi confiado, prestai ao Senhor este testemunho público de veneração: todas as tardes mandai proclamar por um pregoeiro, ou anunciai por algum sinal, que todo povo deverá render graças e louvores ao Senhor Deus Todo-Poderoso. E se não o fizerdes, sabei que havei de dar conta perante vosso Senhor Jesus Cristo no dia do juízo.
Os que levarem consigo este escrito e o observarem saibam que serão abençoados por Deus nosso Senhor.
El Greco, São Francisco em oração, 1580 – 85, quadro em óleo, 115.5 x 103 cm.
Textos de São Francisco
  • Canticum Fratris Solis, Cântico ao Irmão Sol.
  • Prece diante da Cruz, 1205.
  • Regula non bullata, a Regra Anterior, 1221.
  • Regula bullata, a Regra Posterior, 1223.
  • Testamento, 1226.
  • Admoestações.
Oração de São Francisco de Assis
A Oração da Paz é atribuída a São Francisco de Assis e comumente denominada de Oração de São Francisco, esta oração anônima foi escrita no início do século XX tendo aparecido inicialmente num boletim paroquial na Normandia, França.
Menos de dois anos depois, foi impressa em Roma em uma folha, em que num verso estava a oração e no outro verso da folha foi impresso uma estampa de São Francisco.
Por isto e pelo fato de que o texto reflete muito bem o franciscanismo esta oração começou a ser divulgada como se fosse de autoria do santo.

Oração pela Paz
Atribuída a São Francisco
Senhor, fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde há ódio, que eu leve o amor.
Onde há ofensa, que eu leve o perdão.
Onde há discórdia, que eu leve a união.
Onde há dúvida, que eu leve a fé.
Onde há erro, que eu leve a verdade.
Onde há desespero, que eu leve a esperança.
Onde há tristeza, que eu leve a alegria.
Onde há trevas, que eu leve a luz. 
Ó Mestre,
Fazei que eu procure mais
consolar que ser consolado;
compreender que ser compreendido;
amar que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
é morrendo que se vive para a vida eterna.
Fonte:  pt.wikipedia.org, http://www.portalsaofrancisco.com.br



4 comentários :

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    4 de outubro de 2012 13:09

    ah se a igreja católica fosse formada de muitos Franciscos ...

  • Aleatoriamente says:
    5 de outubro de 2012 06:50

    Bom dia Lu.
    Gosto desse santo, e fiquei feliz de saber mais sobre ele.Estava com saudades amigo, mas essa correria que estou agora, está me deixando exausta rsrsr. Campo, casa, casamento aff! Mas ando feliz da vida mesmo cansada.
    Vou defender em novembro daí uma coisa a amenos rsrsr.Então só o casamento será o foco, ando muito feliz Lu.

    Beijão e obrigada pelo carinho.

  • Anne Lieri says:
    5 de outubro de 2012 17:47

    Lu,eu adoro São Francisco e aqui tem novidades sobre ele que eu não sabia,como esse texto que postou escrito por ele!Ótima biografia!Vc recebeu meu email com as perguntas? bjs e bom final de semana!

  • Nanda says:
    15 de outubro de 2012 20:29

    Muito bom, complementou o que eu já sabia a respeito do santo... tenho uma dica de livro bem interessante: A Conspiração Franciscana, de John Sack.

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.