Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

19 de maio de 2013

Ervas que curam - Quebra pedra


(EUPHORBIACEAE) é uma das espécies i n t e g r a n t e s d o p r o j e t o " P r o d u ç ã o , processamento e comercialização de ervas medicinais, condimentares e aromáticas", coordenado pela Embrapa Transferência de Tecnologia - Escritório de Negócios de Campinas (SP), a qual está sendo cultivada e multiplicada nas unidades demonstrativas da Embrapa Pantanal (Corumbá, MS),
Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE) e nos Escritórios de Negócios de Dourados (MS), Canoinhas (SC) e Petrolina (PE). Esse projeto contempla também o treinamento de técnicos e a qualificação de pequenos agricultores e seus familiares na produção e manipulação de ervas, fundamentadas em boas práticas agrícolas.

DESCRIÇÃO BOTÂNICA

Planta herbácea de 10 a 50 cm de altura, com caule ereto, fino e ramoso; folhas pequenas e ovais; flores pequenas, curto-pediceladas nos dois eixos, femininas com glândulas coimplantadas na base e masculinas com glândulas livres e orbiculadas; os frutos são verdes e pequenos.

COMPOSIÇÃO QUÍMICA

Flavonóides, filantina, filocrisina, filavina, cineol, cimol, linalol, sacililato de metila, securimina, filatidina e ácido salicílico.

FORMA DE PROPAGAÇÃO

Sementes

CULTIVO

Espaçamento de 20 x 30 cm entre plantas. Cultivada em qualquer tipo de solo rico em matéria orgânica, com preferência por locais úmidos. Recomenda-se uma adubação com esterco de curral bem curtido, esterco de galinha ou composto orgânico, quando necessário.

COLHEITA E BENEFICIAMENTO

A planta inteira pode ser colhida e submetida à secagem, separando-se as raízes.

REQUISITOS BÁSICOS PARA UMA PRODUÇÃO DE SUCESSO

Utilizar sementes e material propagativo de boa qualidade e de origem conhecida: com identidade botânica (nome científico) e bom estado fitossanitário
O plantio deve ser realizado em solos livres de contaminações (metais pesados, resíduos químicos e coliformes)
Focar a produção em plantas adaptadas ao clima e solo da região
É importante dimensionar a área de produção segundo a mão-de-obra disponível, uma vez que a atividade requer um trabalho intenso
O cultivo deve ser preferencialmente orgânico: sem aplicação de agrotóxicos, com rotação de culturas, diversificação de espécies, adubação orgânica e verde, controle natural de pragas e doenças
A água de irrigação deve ser limpa e de boa qualidade
A qualidade do produto é dependente dos teores das subs tâncias de interes se, sendo fundamentais os cuidados no manejo e colheita das plantas, assim como no beneficiamento e armazenamento da matéria prima
Além dos equipamentos de cultivo usuais, é necessária uma unidade de secagem e armazenamento adequada para o tipo de produção
O mercado é bastante específico, sendo importante a integração entre produtor e comprador, evitando um número excessivo de intermediários, além da comercialização conjunta de vários agricultores, por meio de cooperativas ou grupos

O chá da erva quebra pedra possuí virtudes preventivas, ao fazer o chá quebra pedra servepara previnir contra a formação de cálculo renal e ainda é indicada para tratar de outras doenças como  nefrites, cistites, pielites, hepatite do tipo “B” e hidropsia, por isso trata-se de uma planta medicinal, a planta medicinal quebra pedra.

O chá quebra pedra serve para promover relaxamento dos ureteres, que aliado a uma ação analgésica, facilita a descida dos cálculos, geralmente sem dor nem sangramento, aumentando também a filtração glomerular e a excreção de ácido úrico. Esses resultados justificam o uso popular do chá quebra pedra serve para tratamento das pedras nos rins (litíase renal) e, provavelmente, no reumatismo gotoso e outras afecções caracterizadas por taxas elevadas de ácido úrico.
Chá quebra pedra serve ainda para o tratamento de algumas doenças como hepatite “B” e diabetes. Como vimos chá quebra pedra servepara previnir e tratar de várias doenças que tanto nos incomodam, por isso pode ser usado por todos, exeto crianças, gestantes e lactantes, estando ou não doentes.
Veja alguns mitos e verdades sobre as pedras nos rins:
  • Sementes de tomate causam pedra nos rins: Mito
  • Reposição de cálcio via oral causa pedra nos rins: Mito
  • Ingestão de leite provoca pedras nos rins: Mito
  • Ingerir frutas cítricas (como limão e laranja) previne pedras nos rins: Verdade
  • Chá de quebra-pedra funciona: Verdade
  • Existe medicamento para dissolver as pedras nos rins: Mito
  • Existe medicamento para prevenir a formação de pedras nos rins: Verdade
  • Existe medicamento para ajudar a eliminar as pedras (durante a cólica renal): Verdade
  • Pedra dentro do rim normalmente não causa sintomas: Verdade
  • Cerveja é bom para quem tem pedras nos rins: Mito

Fonte: www.campinas.snt.embrapa.br, http://www.quebrapedra.com.br

7 comentários :

  • José María Souza Costa says:
    19 de maio de 2013 12:19

    Olá
    Bom dia, Lu.

    Sabemos que é rica no Brasil a sua flora. E dela extraídos muitos chás. Não posso deixar de escrever aqui, que sou um amante de chás, e o uso do meu consumo cresce quando passo em visitas pelo Norte e Nordeste do Brasil. Aromáticos. Feitos nas panelas de barro e nos fogões de lenha, são convidativos. Medicinais ? Creio que sim, muitas provas a ciência tem mostrado dos seus efeitos. Quer saber de uma coisa, LU. Eu continuo tomando meus chás, aqui em Sampa. Chá, é um tranquilizante. Ainda, que não caussasse nenhum efeito, pesiclogicamente para mim, ele é dez.
    Abraços, querido e bom domingo pra você e, para a familia. qundo dispuser de um tempinho, deixe o seu pitaculo no meu blogue, o assunto lá é " Amor Virtual", e a galera ta pegando pesado no meu pé. Tô lá te esperando, se chegares á noite, tomaremos um chá. Um bule dê...

  • Crista says:
    19 de maio de 2013 13:21

    Sou adepta aos tratamentos com ervas e chás medicinais.
    Como faço uso deles posso garantir que eles funcionam muito bem.

  • Gracita says:
    19 de maio de 2013 14:09

    Oi Lu
    A medicina natural vem ganhando adeptos a cada dia pois os riscos de contra indicações são bem menores.
    Um post com informações de qualidade. Obrigada pela partilha.
    Beijos
    Gracita

  • Anne Lieri says:
    20 de maio de 2013 12:25

    Oi Lu!Eu já tive essa planta quando morava numa casa(hoje moro em apartamento) e lembro que os vizinhos sempre me pediam pra fazer chá.Bem interessante o texto!bjs e boa semana!

  • Patricia Galis says:
    20 de maio de 2013 15:17

    Como já fui internada por conta de cólica de rim e espero nunca mais sentir aquela dor novamente, muito útil.

  • Amcguedes Guedes says:
    21 de maio de 2013 11:17

    Bom dia, Lu
    Realmente funciona.
    Abraços
    Lúcia

  • Wanderley Elian Lima says:
    21 de maio de 2013 19:21

    Oi Lu
    Sou a maior consumidor de ervas que existe. Tomo chá para tudo que você pensar rsrsrs Realmente funciona.
    abraço

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.