Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

29 de junho de 2013

PEDRO O APÓSTOLO

FESTA DE SÃO PEDRO - 29 de Junho.
Desde o final do terceiro século ou início do quarto século, era celebrada uma Festa no mesmo dia, em honra a São Pedro e São Paulo, embora a data fosse diferente no Oriente e no Ocidente. Na lista das Festas dos mártires no “Chronograph de Philocalus”, consta a referida celebração no dia 29 junho. Na mencionada data, desde o ano 258 era comemorada a Festa dos dois Apóstolos Pedro e Paulo, na Via Appia “ad Catacumbas” (próximo a Igreja de São Sebastião fora do muro que cercava Roma). Com a construção da Basílica de São Pedro no Vaticano e a Basílica de São Paulo na Via Ostiensi fora do muro, os restos mortais dos Apóstolos foram transladados para as respectivas Basílicas
Discípulo de Jesus nascido em Betsaida, Galiléia, conhecido como o Príncipe dos Apóstolos e tido como fundador da Igreja Cristã em Roma e considerado pela Igreja Católica como seu primeiro Papa. As principais fontes de informação sobre sua vida são os quatro Evangelhos (Mateus, Marcos, Lucas e João), onde aparece com destaque em todas as narrativas evangélicas, os Atos dos Apóstolos, as epístolas de Paulo e as duas epístolas do próprio apóstolo. Filho de Jonas e irmão do apóstolo André, seu nome original era Simão e na época de seu encontro com Cristo morava em Cafarnaum, com a família da mulher (Lc 4,38-39). Pescador, tal como os apóstolos Tiago e João, trabalhava com o irmão e o pai e foi apresentado a Jesus por seu irmão, em Betânia, onde tinha ido conhecer o Cristo, por indicação de João Batista. No primeiro encontro Jesus o chamou de Cefas, que siginificava pedra, em aramaico, determinando, assim, ser ele o apóstolo escolhido para liderar os primeiros propagadores da fé cristã pelo mundo. Jesus, além de muda-lhe o nome, o escolheu como chefe da cristandade aqui na terra: "E eu te digo: Tu és pedra e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares sobre a terra, será ligado também nos céus" (Mt. 16: 18-19). Convertido, despontou como líder dos doze apóstolos, foi o primeiro a perceber em Jesus o filho de Deus. Junto com seu irmão e os irmãos Tiago e João Evangelista, fez parte do círculo íntimo de Jesus entre os doze, participando dos mais importante milagres do Mestre sobre a terra. Teve, também, seus momentos controvertidos, como quando usou a espada para defender Jesus e na passagem da tripla negação, e de consagração, pois foi a ele que Cristo apareceu pela primeira vez depois de ressuscitar. Após a Ascensão, presidiu a assembléia dos apóstolos que escolheu Matias para substituir Judas Iscariotes, fez seu primeiro sermão no dia de Pentecostes e peregrinou por várias cidades. Fundou as linhas apostólicas de Antióquia e Síria (as mais antigas sucessões do Cristianismo, precedendo as de Roma em vários anos) que sobrevivem em várias ortodoxias Sírias. Encontrou-se com São Paulo, ou Paulo de Tarso, em Jerusalém, e apoiou a iniciativa deste, de incluir os não judeus na fé cristã, sem obrigá-los a participarem dos rituais de iniciação judaica. Após esse encontro, foi preso por ordem do rei Agripa I, encaminhado à Roma durante o reinado de Nero, onde passou a viver. Ali fundou e presidiu à comunidade cristã, base da Igreja Católica Romana, e, por isso, segundo a tradição, foi executado por ordem de Nero. Conta-se, também, que pediu para ser crucificado de cabeça para baixo, por se julgar indigno de morrer na mesma posição de Cristo. Seu túmulo se encontra sob a catedral de S. Pedro, no Vaticano, e é autenticado por muitos historiadores. É festejado no dia 29 de junho, um dia de importantes manifestações folclóricas, principalmente no Nordeste brasileiro.

6 comentários :

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    29 de junho de 2013 10:12

    Vivas a São Pedrinho!!!

  • José María Souza Costa says:
    29 de junho de 2013 13:26

    Olá.
    Bom dia.
    Muito gratificante, por nos trazer uma matéria, primorosa.
    Compartilharei no feicibuqui.
    Abraços.

  • Lu Nogfer says:
    29 de junho de 2013 21:55

    Oi Lu

    Adoro ler as matérias tão bem elaboradas por você!

    PS:Obrigada pela companhia no novo espaço

    Beijos

  • Donetzka Cercck L. Alvarez says:
    30 de junho de 2013 15:40

    Lindo post,Lu.

    Que vida a desse santo!

    Ontem foi o dia dele!

    Adorei como amo tudo o que se refere aos santos de junho.

    Aprendo mais aqui.


    Beijos e lindo domingo

    Donetzka

  • Donetzka Cercck L. Alvarez says:
    30 de junho de 2013 15:40

    Lindo post,Lu.

    Que vida a desse santo!

    Ontem foi o dia dele!

    Adorei como amo tudo o que se refere aos santos de junho.

    Aprendo mais aqui.


    Beijos e lindo domingo

    Donetzka

  • Adriana Helena says:
    1 de julho de 2013 12:01

    ôpa amigo Lu Cidreira...
    Quase cheguei tarde para comemorar o dia de São Pedro!
    Mas fui na festa junina e gritei a plenos pulmões: VIVA SÃO PEDRO!!!
    Adoro o mês de junho pelas festas juninas tradicionais!

    A história de São Pedro é incrível mesmo!
    Obrigada por partilhar conosco!

    Ah, aproveito para convidá-lo para uma festinha lá no Blog Vivendo a Vida bem Feliz!
    Hoje estou completando 2 aninhos de Blog hoje e sua presença é muito especial para mim!

    Agradeço sempre sua bela companhia!!
    Um grande abraço e uma ótima semana!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.