Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

29 de agosto de 2013

Dia Nacional de combate ao fumo

29 de Agosto

tabagismo é uma das principais causas de morte no Brasil e no mundo. Estima-se que no país ocorram 200 mil falecimentos por ano, em consequência do cigarro.
Os males causados pelo hábito de fumar incluem câncer de pulmão, doença coronariana, doença pulmonar obstrutiva crônica, e doença cérebro-vascular. Outras doenças que também estão relacionadas ao uso do cigarro são aneurisma arterial, trombose vascular, úlcera do aparelho digestivo, infecções respiratórias e impotência sexual no homem.
Uma pesquisa realizada entre 2002 e 2003 com pessoas de 15 anos ou mais, em 15 capitais brasileiras, mostrou que Porto Alegre tem o maior índice de fumantes do país.
Mesmo assim, o consumo tem se mantido estável. Isto porque o cigarro causa dependência química, o que torna difícil para o fumante abandonar o hábito. No cigarro, assim como em todos os outros derivados do tabaco, a nicotina faz o papel de vilã.
Esta droga é uma substância psicoativa, ou seja, produz sensação de prazer, o que pode induzir o abuso e a dependência. Com o tempo, o fumante necessita de cada vez mais doses da substância para proporcionar aquela sensação inicial de prazer.
O aumento no consumo agrava a dependência, o que aumenta as possibilidades de se contrair doenças debilitantes, que podem levar à invalidez e à morte.
Mas parar de fumar não é impossível. Confira aqui as dicas do Ministério da Saúde para se livrar deste vício e levar uma vida muito mais saudável!

Parada Imediata

Você marca uma data e nesse dia não fumará mais nenhum cigarro. Esta deve ser sempre sua primeira opção.

Parada Gradual

Você pode utilizar este método de duas formas:

Reduzindo o número de cigarros

Por exemplo: Um fumante de 30 cigarros por dia, no primeiro dia fuma os 30 cigarros usuais.
no segundo - 25
no terceiro - 20
no quarto - 15
no quinto - 10
no sexto - 5
O sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarros.

Retardando a hora do primeiro cigarro

Por exemplo:
no primeiro dia você começa a fumar às 9 horas
no segundo às 11 horas
no terceiro às 13 horas
no quarto às 15 horas
no quinto às 17 horas
no sexto às 19 horas
no sétimo dia seria a data para deixar de fumar e o primeiro dia sem cigarro
A estratégia gradual não deve gastar mais de duas semanas para ser colocada em prática, pois pode se tornar uma forma de adiar, e não de parar de fumar. O mais importante é marcar uma data-alvo para que seja seu primeiro dia de ex-fumante.
Lembre-se também que fumar cigarros de baixos teores não é uma boa alternativa.
Todos os tipos de derivados do tabaco (cigarros, charutos, cachimbos, cigarros de Bali, etc) fazem mal à saúde.
Caso não consiga parar de fumar sozinho, procure orientação médica. Cuidado com os métodos milagrosos para deixar de fumar.
Fonte: www2.portoalegre.rs.gov.br

12 comentários :

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    29 de agosto de 2013 10:42

    eita processo difícil este ... e eu continuo com meu vício ... muito triste ...

  • Dorli says:
    29 de agosto de 2013 11:11

    Oi Lu,
    Eu perdi duas irmãs uma com 45 e a outra com 48 anos por causa do cigarro.
    Eu fumei desde os 18 anos, mas pouquinho e parei faz dois anos, quer saber o remédio que o médico me deu? Vergonha na cara.
    Hoje sou outra, sinto o gosto dos alimentos, faço caminhada sem cansar, vou a academia , enfim outra vida.
    Boa matéria
    Beijos
    Lua Singular

  • Fernanda Bender says:
    29 de agosto de 2013 11:30

    Que hábito bem desagradável... pessoas do meu convívio fumam e eu peguei extremo horror ao cheiro do cigarro.

  • Felisberto Junior says:
    29 de agosto de 2013 15:32

    Olá!Boa tarde

    nossa, nem te falo nada. Fumei muito,adquiri doença, e por orientação médica, parei!
    Como dito, não é impossível, mas , que é um longo e doloroso caminho, isso, não posso negar.
    Bela partilha de interesse público...
    ...sim,obrigado, recebi seu email de divulgação. Peço que acompanhe meu calendário das postagens de divulgações na minha Sidebar.Não sei bem o certo, porque não o fiz ainda, mas creio q deverá sr próximo do dia 25 de setembro.
    Obrigado pelo carinho
    Belo dia
    Abraços

  • Aline Lemes says:
    29 de agosto de 2013 17:18

    As famosas impurezas para o nosso corpo, realmente muito ruim...

    te aguardo no meu cantinho, post novo:

    http://madamelemes.blogspot.com.br/2013/08/vida-e-carreira-tarja-turunen.html

  • ONG ALERTA says:
    29 de agosto de 2013 20:23

    A droga é uma droga!
    Abraço Lisettte,

  • Felisberto Junior says:
    29 de agosto de 2013 21:40

    Olá!Boa noite

    ...obrigado você, pelo carinho de sempre!
    Belo final de semana
    Abraços

  • Luma Rosa says:
    30 de agosto de 2013 01:33

    Oi, Lu!
    O vício também é uma propensão genética, o que explica pessoas que usam de cigarros, bebidas e drogas e não viciam. Outras que usam esporadicamente e mesmo assim viciam.
    Eu cheguei a fumar duas carteiras de cigarro por dia e um dia acordei, entreguei os cigarros à minha mãe e disse "Não vou fumar mais". Ela duvidou e nunca mais fumei. Fazem mais de 10 anos e nunca senti vontade.
    Minha vizinha teve que perder o marido com câncer no Cérebro para decidir parar de fumar, mesmo assim foi muito difícil. Ela chegou a fazer terapia. Não fuma mais! É possível quando a pessoa é movida pela vontade. Do contrário, nunca vai conseguir!

  • Patricia Galis says:
    30 de agosto de 2013 17:22

    Barbaridade sabia disso não, qdo comecei a namorar meu esposo ele fimava 3 maços por dia pois trabalhava a noite e para passar a hr isso distraia fui clara desde o começo e falei detesto cigarro e a pessoa fede ou vc deixa ou vicio ou eu, e fiquei admirada com a força de vontade dele, dois dias depois ele deixou o cigarro e nunca mais fumou graças a Deus, mas poucos tem essa determinação acabei me apaixonando ne kkkkkkkkk

  • Wanderley Elian Lima says:
    30 de agosto de 2013 20:42

    Oi Lu
    Estou precisando urgentemente de parar de fumar, mas a força de vontade anda meio escassa.
    Abraço

  • Dorli says:
    30 de agosto de 2013 21:35

    Olá Lu,
    Você me tece comentários me elogiando. Olha que eu vou acabar acreditando.
    Acabei de escrever um miniconto, vou postar amanhã, não é uma pequena história, é diferente.
    Obrigada
    Um beijo
    Lua Singular

  • Helder Gonçalves says:
    31 de agosto de 2013 05:55

    Ora aqui está um trabalho de divulgação de interesse excepcional.
    Confesso que ao ler, tomei uma decisão, a partir de hoje vou mesmo deixar de fumar!
    Um grande abraço do
    Hélder Gonçalves e Bem Hajas pelo serviço prestado a bem da saude!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.