Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

11 de novembro de 2013

Zebroides - É isso que ele é


Uma noite de amor entre a zebra Martin e o asno Giada na romântica cidade italiana de Florença teve como resultado um "zebrasno", um filhote raro que está atraindo multidões a uma reserva privada de animais exóticos.
Aos três meses, Ippo já é uma celebridade: os donos da reserva dizem já ter recebido pedidos por direito de imagem, entre elas de uma empresa de brinquedos e outro para um desenho animado da Disney.
"É muito incomum que uma zebra e um asno acasalem e se reproduzam", disse Serena Aglietti, a filha do dono da reserva, situada em pleno centro de Florença, perto dos monumentos emblemáticos da cidade.
O refúgio Aglietti, um negócio familiar, recolhe animais resgatados de circos ou de donos que os maltratam e abriga uma coleção variada de 170 exemplares, que inclui camelos, lhamas e porcos vietnamitas, entre outras espécies.
Aglietti contou que uma noite de inverno, no ano passado, Martin, uma zebra macho, que tinha sido resgatada de um zoológico onde sofria abusos pulou a cerca de seu recinto. O sedutor Martin usou o focinho para levantar o fecho de uma porta do estábulo onde descansavam os asnos.
Ali, ele consumou o amor com Giada, uma fêmea da raça italiana Asno de Amiata, que tinha sido levada para o local para reproduzir. Depois desta noite de aventura, Martin abandonou a companheira.
Ninguém percebeu o que tinha acontecido até 12 meses depois, período de gestação dos asnos. "Estivemos no parto. Primeiro saíram os cascos pretos, depois as patas listradas. Ficamos surpresos!", disse Aglietti, assegurando que Ippo está bem.
"É travesso, mas é muito doce com as crianças. Continua mamando, mas também come cenouras", disse.
O pequeno Ippo, atração incomum da reserva, reúne centenas de visitantes, que competem por chamar atenção do zebrasno e tirar fotos dele com seus celulares inteligentes.
"Tínhamos curiosidade de ver este animal tão afetuoso. É muito bom para as crianças", disse Patrizia, 67 anos, que visitou o local com a família.
Morador de Florença, Fabrizio não conseguiu esconder a surpresa. "Esta é a primeira vez que o vejo. Não é natural, mas a natureza o tornou possível", afirmou.
Ippo é uma boa mistura de seus pais: tem as patas listradas da zebra e a cara de um asno. No entanto, alguns exemplos anteriores de zebrasnos em todo o mundo - inclusive os de China, Japão e Estados Unidos - mostram que ao crescer, o animal pode acabar ficando mais parecido com um dos pais.
Ippo é oficialmente um zebrasno, como é denominado o animal híbrido nascido do cruzamento entre uma zebra e um asno. A zebra também pode se acasalar com um cavalo ou uma mula, produzindo filhotes "zebroides".
Segundo Aglietti, em novembro será possível saber se Ippo poderá se reproduzir, embora não tenha sido decidido se convém fazê-lo com uma zebra ou com um asno. "Se ele for fértil, terá a opção de acasalar com qualquer dos animais que temos aqui", disse.

10 comentários :

  • Anete says:
    12 de novembro de 2013 08:48

    Muito bom este artigo, Lu, caso interessante e curioso!

    Boa 3ª feira!
    Abraço

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    12 de novembro de 2013 11:10

    fantástica esta raridade ...

  • Beth Muniz says:
    12 de novembro de 2013 12:37

    Ou Lu,
    Já temos tantos 'zebroides' entre os humanos, que não duvido que posa acontecer.
    Com uma diferença substancial: os animais irracionais não são perversos e traiçoeiros por natureza, mas por sobrevivência natural, de cada espécie.
    Um abraço.

  • Maria de Lourdes says:
    12 de novembro de 2013 12:46

    Pode até parecer interessante, porem sou a favor da preservação da espécie. Abraços
    (Votado)

  • Fernando Melis says:
    12 de novembro de 2013 15:19

    Oi, Luizão.
    A foto me fez lembrar dos meus tempos de criança, onde os irmão mais novos "herdavam" as roupas dos mais velhos, devidamente "adaptadas" por mães e avós sempre hábeis nos mistérios do coser (não confundir com cozer, no que, aliás, as velhinhas também eram verdadeiras mestras).
    Abraços, meu rei.

  • José María Souza Costa says:
    13 de novembro de 2013 07:48

    Nobre, Lu Cidreira.

    Para a Natureza, e com a Natureza, tudo é possível.
    Belíssima a sua postagem.
    O tempo é de Sol e Esperança.
    Bom dia.

  • Anne Lieri says:
    13 de novembro de 2013 11:23

    Mas que graça esse zebrasno!...rss...eu adorei e não conhecia! Vale uma poesia! bjs,

  • Dorli says:
    13 de novembro de 2013 16:45

    Oi Lu
    Gostei do resultado, mas quem mandou eles colocarem o nome na Zebra de Martin? Meu pai se chamava Martim.kkk
    Adorei...
    Beijos
    Lua Singular

  • Adriana Paz says:
    13 de novembro de 2013 21:06

    Aqui se aprende tudo,Lu.

    Nunca imaginei que esse cruzamento existisse!

    Ótimo seu blog!

    Votei,ok?

    Beijinhos


    Dryka


    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

  • Adriana Paz says:
    13 de novembro de 2013 21:06

    Aqui se aprende tudo,Lu.

    Nunca imaginei que esse cruzamento existisse!

    Ótimo seu blog!

    Votei,ok?

    Beijinhos


    Dryka


    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.