Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

20 de maio de 2014

Olho Humano Anetonia

"Ora, não percebeis que com os olhos alcançais toda a beleza do mundo? O olho é o senhor da astronomia e o autor da cosmografia; ele desvenda e corrige toda a arte da humanidade; conduz os homens as partes mais distantes do mundo; é o príncipe da matemática, e as ciências que o têm por fundamento são perfeitamente corretas.
O olho mede a distância e o tamanho das estrelas; encontra os elementos e suas localizações; ele... deu origem a arquitetura, a perspectiva, e a divina arte da pintura.
...Que povos, que línguas poderão descrever completamente sua função! O olho é a janela do corpo humano pela qual ele abre os caminhos e se deleita com a beleza do mundo. "

Olho Humano


Olho Humano


Olho Humano

ÓRBITAS
São cavidades ósseas simetricamente dispostas, uma em cada lado da face, que acomodam e protegem os olhos e seus acessórios..
São preenchidas em sua maior parte por gordura, que protege o globo ocular.
GLOBO OCULAR
Cada olho é constituido por 3 túnicas (camadas):
Externa: Protetora. São a córnea e a esclera. 
Média:
 Vascular. Compreende a íris, a coróide e o corpo ciliar. 
Interna:
 Nervosa. É a retina.
ESCLERA
É a parte branca e opaca da camada externa do olho. É conhecida popularmente como "branco do olho".
A esclera tem função protetora e ajuda a manter a forma do olho.
CÓRNEA
É a parte transparente do olho. Adapte-se a esclera como um "vidro de relógio".
A córnea é a superfície de maior poder de refração do olho, visando formar a imagem nítida na retina.
ÍRIS
É a parte colorida do olho, fica atrás da córnea (é vista porque a córnea é transparente). A íris possui em seu centro um orifício chamado pupila.
PUPILA
A pupila também é chamada popularmente de "menina do olho". Ela regula a entrada de luz no olho; contraindo-se em ambientes iluminados e aumentando (dilatando) no escuro.
Veja na imagem a seguir como a pupila reage a luz:

Olho Humano
CORÓIDE
É formada por vasos sangüíneos e responsável por parte da nutrição do olho, da retina.
CORPO CILIAR
Forma o "humor aquoso", que preenche a parte anterior do olho.
Possui o músculo ciliar, que sustenta o cristalino no lugar e altera a forma deste (acomodação).
CRISTALINO
É uma lente transparente situada atrás da íris. Modifica sua forma para dar maior nitidez à visão (acomodação visual).
O cristalino age junto com a córnea, fazendo a refração dos raios luminosos.
VÍTREO
Também chamado humor vítreo.
É uma substância gelatinosa que preenche toda a cavidade posterior do olho, atrás do cristalino. O vítreo mantém a forma do olho.
RETINA
É a camada mais interna do olho. Formada por receptores especiais sensíveis a luz. Estes transformam os estímulos luminosos em estímulos nervosos. Os estímulos são levados até o cérebro.
MÁCULA
É a região central da retina, responsável por visão de detalhes, como a leitura.
ESTRUTURAS ACESSÓRIAS DOS OLHOS NERVO ÓPTICO
É formado a partir da retina e conduz o estímulo visual ao cérebro.
MÚSCULOS EXTRÍNSECOS
Prendem-se na esclera e fazem os movimentos dos olhos. São seis músculos em cada olho e trabalham em conjunto entre si.
PÁLPEBRAS
Servem para proteger os olhos, distribuir a lágrima e remover corpos estranhos nos olhos.
CÍLIOS
Protegem o olho de poeiras suspensas no ar.
CONJUNTIVA
É uma camada muito fina, transparente e com muitos vasos, que recobre a esclera na parte anterior do olho e a parte interna das pálpebras.
SISTEMA LACRIMAL
A lágrima é produzida pelas glândulas lacrimais, nas pálpebras superiores. O escoamento da lágrima ocorre para o nariz, através do sistema de drenagem da lágrima. O sistema de drenagem se inicia nos pontos lacrimais.
A SENSAÇÃO VISUAL
A luz, quando chega à retina, estimula a camada de cones e bastonetes, que originam ondas elétricas que se transmitem pelo nervo óptico.
O nervo óptico entra no cérebro e dirige-se a região responsável pela visão onde se processa o fenômeno de "formação das imagens".
Cada olho recebe e envia ao cérebro uma imagem, no entanto, vemos os objetos como um só, devido a capacidade de fusão das imagens em uma só.
A visão binocular (com os dois olhos) nos dá um maior campo visual e noção de profundidade.
Fonte: atlas.ucpel.tche.br

1 comentários :

  • João Vicente Petinelli Carvalho says:
    22 de maio de 2014 13:27

    Oi Lú,
    que artigo interessante, não sabia de determinadas partes como a macula, e todas essas funções! Obrigado por compartilhar!!!
    Abraços,

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.