Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

25 de agosto de 2014

Curiosidade da linguá que nós falamos.


De fato, a língua portuguesa é muito complexa e pode causar alguns embaraços

A nossa língua falada é responsável por nos deixar algumas vezes em situações constrangedoras. Isto se deve ao simples fato da sua complexidade não se ater somente às minuciosidades gramaticais, mas também às particularidades da língua falada.

Muito se vê sobre erros gramaticais, verdadeiros atentados à nossa brava língua portuguesa, mas pouco se fala dos disparates da língua falada.

O português proferido e admirado mundialmente é responsável por situações vexatórias e em alguns casos hilárias.

Questão - Para muitos “cuestão”. Se o ditongo ue estivesse acompanhado da extinta trema, justificaria a pronúncia!

Subsídio - Quando escutamos uma autoridade pronunciar com o som de Z “subzídio”, acredito que o zumbido provocado pela gafe é estarrecedor para muitas pessoas. Mas eu sou capaz de insistir que muitas ainda pronunciam de forma equivocada, ou seja, “subzídio” ao invés de “subcídio”. Recapitulando, subsídio é um substantivo masculino que entre os seus significados estão: apoio, recurso, reserva, reforço entre outros.

Exemplos:

Enviarei alguns subsídios para a sua tese.

Criou-se uma reserva de subsídio destinada aos menos favorecidos.

Inexorável: Implacável, inabalável, austero, reto, rígido. Estes são alguns dos significados atribuídos para esta palavra que é pronunciada também de forma errônea “ineczorável” enquanto a sua pronuncia correta é “inezorável”. Logo abaixo uma aplicação da palavra:
“(...) mas as dores da nossa vontade só chegarão ao santo alívio seguindo esta lei inexorável: a obediência absoluta à soberania incontestável do tempo (...)” (Raduan Nassar - Lavoura Arcaica) 


tabela]

Fonte: por Camila Pati - EXAME.com

4 comentários :

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    25 de agosto de 2014 11:17

    Super válido e oportuno esta postagem ... somos cheios de vícios de linguagem ... eita linguinha complicada esta nossa né?

  • Dorli says:
    25 de agosto de 2014 18:14

    Olá!
    Cada vez mais estão dando diplomas universitários para analfabetos, haja vista, que lecionei para os pequeninos e não admitia nenhuma palavra errada.
    Era "chata", sim, mas aqueles que souberam aproveitar, hoje são doutores.
    Eu sempre tive mais dificuldades na nossa língua, por isso que a estudo até hoje.
    Criei um filho só, mas fui exigente, ele tem cursos que arregalam os olhos dos poderosos.
    Fui eu quem o ensinou matemática e física a ele, o resto aprendia na escola, a qual pagava um bom preço. Não me arrependo.
    A maioria das pessoas não sabem o mínimo para escrever uma carta, quanto mais ter um blog de qualidade.
    Eu gosto da escrita simples, mas correta,para que o povão possa ler minhas postagens e, sempre digo: meu blog é popular.
    Se eu fosse escrever com todas as frescuras que aprendi, não teria nenhuma visualização.
    Para cada lugar um português diferente.
    Eu me policio muito e se não sei vou procurar saber.
    Eu sempre fui assim e sempre tive muita sorte.
    Beijos no coração
    Lua Singular

  • Tunin says:
    26 de agosto de 2014 15:09

    A nossa língua é complexa.A gente sempre se esbarra em erro.
    Seria bom que simplificasse a sua escrita e fala, mas acho que é na complexidade que está o charme do idioma.
    Abração.

  • Nanda says:
    26 de agosto de 2014 21:03

    Às vezes a gente não se dá conta de que está escrevendo certas palavras de maneira incorreta, até porque nos acostumamos a pronuncia-las da maneira errada, hehehe!
    Lu fazia muito tempo que eu não passava por aqui. Estou de blog novo, se quiser conhecer.
    http://arcaderabiscos.blogspot.com.br/
    Aqui te convido a escolher um personagem para linkar teu blog e divulgá-lo: http://arcaderabiscos.blogspot.com.br/p/blogs.html
    Abraço!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.