Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

13 de setembro de 2014

Dia nacional da cachaça - Essa é sim jenuinamente Brasileira

Caipirinha , o coquetel nacional do Brasil

Cachaça é uma bebida alcoólica feita a partir de fermentado de cana.
É o mais popular destilada bebida alcoólica no Brasil . É também conhecido como aguardente , pinga , caninha e por muitos outros nomes.
A cachaça é produzida principalmente no Brasil, onde, de acordo com números de 2007, a 1,5 bilhões de litros (390 milhões de litros) são consumidos anualmente, em comparação com 15 milhões de litros (4,0 milhões de litros) fora do país. [Trata-se normalmente entre 38% e 48% de álcool em volume.
Até seis gramas por litro de açúcares podem ser adicionados. " A principal diferença entre aguardente e rum é que o rum é normalmente feito a partir de melaço, um subproduto das refinarias que fervem o suco de cana-de-açúcar para extrair o açúcar tanto quanto possível, enquanto aguardente é feita a partir de sumo de cana fresco que é fermentado e destilado.
No início do século XVII, os produtores de açúcar em várias colônias europeias na América começaram a usar os subprodutos de açúcar, melaço como matéria-prima para a bebida alcoólica que nas colônias britânicas foi nomeado rum, na França, de tafiá, no da Espanha aguardente de Cana e no Brasil aguardente da terra, aguardente de cana e cachaça mais tarde.
Números de 2003 indicam 1,3 bilhão de litros de cachaça são produzidos a cada ano, embora apenas 1% dessa produção é exportada (principalmente a Alemanha ). Fora do Brasil, a cachaça é usado quase exclusivamente como um ingrediente em bebidas tropicais, com a caipirinha ser o mais famoso cocktail.

História
A produção de açúcar foi principalmente mudado de ilha da Madeira para Brasil pelo Português no século 16.
Os alambiques que fazem Aguardente de cana na Madeira foram trazidos para o Brasil para fazer o que hoje também é chamado de Cachaça.
O processo de destilação remonta a 1532, quando um dos colonizadores portugueses trouxeram as primeiras mudas de cana-de-açúcar sobre o Brasil a partir da Madeira.
Produção
Dia Nacional da Cachaça
Barris de cachaça
Dia Nacional da Cachaça
Garrafas de cachaça
Cachaça, como rum, tem duas variedades: branco e ouro. Branco é normalmente engarrafado imediatamente após a destilação e tende a ser mais barato (alguns produtores de idade para até 12 meses em barris de madeira para alcançar uma mistura mais suave).Muitas vezes, é utilizado para preparar caipirinha e outras bebidas, em que a cachaça é um ingrediente. Escura, a cachaça, geralmente é vista como a variedade "premium", é envelhecida em barris de madeira e é destinado a ser bebido direto (geralmente é envelhecido por até 3 anos, apesar de alguns "ultra premium" foram envelhecidos por até 15 anos). O sabor é influenciado pelo tipo de madeira do tambor.
Sinônimos de Cachaça
Por mais de quatro séculos de história, cachaça acumulou sinônimos e apelidos criativos pelo povo brasileiro. Algumas destas palavras foram criadas com o propósito de enganar a fiscalização da metrópole nos dias em que a cachaça foi proibida no Brasil, a bebida estava competindo com um destilado Europeu apelou grapa . Há mais de dois mil (2000) palavras para se referir ao destilado nacional. Alguns desses apelidos são:abre-Coração, água-benta, bafo-de-tigre e limpa-Olho.

Leiam mais sobre a cachaça nessa página 

2 comentários :

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    13 de setembro de 2014 10:18

    Caraca e cai logo hoje? Um sabadão em q minha programaçao é cultural? Assistir Elis Musical no teatro ... vou ter q sair de lá e comemorar com pelo menos uma caipirinha ... rs

  • Wanderley Elian Lima says:
    13 de setembro de 2014 10:34

    Hoje tem muito bebum comemorando por aí, com uma bela desculpa rsrsrs
    Abraço

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.