Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

14 de outubro de 2014

Cigarro é mais viciante que cocaína, diz estudo


Cigarros apresentam hoje maior o teor de nicotina e substâncias como amônia e açúcar
Um relatório lançado nesta terça-feira pela organização americana de controle do tabagismo Campanha Crianças Livres do Tabaco (CTFK, na sigla em inglês) mostrou que o cigarro está mais viciante e perigoso. Feito a partir da análise de pesquisas científicas e de documentos fornecidos pela indústria do tabaco, o documento afirma que é mais fácil tornar-se dependente de cigarro do que de cocaína e de heroína.

Ao longo dos últimos 50 anos, diz o relatório, os cigarros passaram a apresentar um teor maior de nicotina e receberam inclusão de amônia e açúcares, que aumentam seu efeito e tornam a fumaça mais fácil de ser inalada. O próprio formato do cigarro mudou: produtos passaram a trazer filtros com pequenos orifícios, muitas vezes imperceptíveis, que levam o fumante a aumentar o volume e a velocidade de aspiração. Documentos reunidos no relatório mostram que, apenas entre 1999 e 2011, o teor de nicotina dos cigarros aumentou 14,5%.​

"Nicotina e heroína apresentam mecanismos semelhantes de dependência", afirma David Burns, um dos autores do relatório e professor da Universidade da Califórnia. Ele observa, no entanto, que o número de pessoas que experimenta cigarro e se torna dependente é maior do que o que entra em contato com a heroína.

Burns alerta que, apesar de fumarem menos, homens e mulheres têm um risco maior de desenvolver câncer de pulmão e doença pulmonar obstrutiva crônica do que em 1964, quando foi divulgado o primeiro relatório produzido pelo governo americano sobre o impacto do tabagismo na saúde.

Brasil

O professor criticou a suspensão no Brasil da resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proibia a adição de produtos que conferissem sabor para os cigarros. "Companhias usam os aditivos para aumentar o número de vendas, para atrair jovens e evitar que pessoas abandonem o tabagismo", disse.

Procurado, o Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco) afirmou que não se manifesta sobre o tema. Romeu Schneider, da Câmara Intersetorial do Tabaco, afirmou que cigarros em todo o mundo estão mais fracos, com menores teores de alcatrão e nicotina. "Estamos falando dos cigarros legais. Nossa preocupação, no entanto, é o crescimento do produto ilegal, produzido sem nenhum tipo de controle", disse. Ele lembrou que a venda de cigarros a menores é proibida no Brasil. "É uma regra acertada. Respeitamos. Se crianças têm acesso, é a cigarro contrabandeado."


Fonte: Veja

5 comentários :

  • Tunin says:
    14 de outubro de 2014 09:30

    O vício é uma ação diabólica. As pessoas mesmo sabendo que o cigarro mata, continuam fumando, contaminando-se e aos que estão estão ao seu redor. Por outro lado, a indústria quer é ganhar, faturar, ter lucro, pouco está se importando para quem vai ou não contrair alguma doença pelo uso do cigarro e morrer. Cabe ao governo tentar inibir adição de produtos que venha reforçar o vício inveterado.
    Abração, Lú.

  • Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz says:
    14 de outubro de 2014 10:57

    Prefiro não comentar pois este é o meu último vício ... o q restou ... rs

  • Wanderley Elian Lima says:
    14 de outubro de 2014 15:53

    O pior Lu, é que não consigo parar, e fumo bastante, aliás fumamos.
    Abraço

  • Dorli says:
    14 de outubro de 2014 18:18

    Oi Lu,
    Passando pra me despedir de você
    Beijos
    Lua Singular

  • Lu Nogfer says:
    15 de outubro de 2014 21:56

    Olá Lu!

    Eu sinceramente não suporto nem o cheiro de longe!
    Um vicio terrível e prejudicial a saúde que quem tem deveria se esforçar para deixar enquanto ha tempo mas tenho conhecimento do quanto é difícil.

    Ótima matéria!

    Beijos

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.