Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

19 de outubro de 2015

Doenças virais tropicais - Caxumba

A partir de agora temos que ter cuidados especiais com as crianças, pois em época de muito calor e secura na umidade do ar com as doença tropicais virais, como sarampo, caxumba e rubéola.
Vamos cuidar da prevenção.
Uma das doenças típicas da infância é a caxumba
(No nordeste conhecemos como Papeira)
Provocada por um vírus, ela é altamente contagiosa e tem maior incidência no fim do inverno e no começo da primavera. Febre, mal estar, dores na garganta e dificuldade para engolir são alguns dos sintomas da caxumba. Mas o principal sinal de que a doença atacou é o inchaço observado na região abaixo da ouvido - a grande característica da caxumba.
Em primeiro lugar, é preciso ficar claro que a caxumba não é uma doença grave. No entanto, não é por isso que não são necessários cuidados especiais quando se é atacado pela doença - que contamina, principalmente, crianças a partir de dois anos de idade.
caxumba é uma infecção viral aguda provocada por um vírus da família Paramyxoviridae e se caracteriza por um inchaço nas glândulas que produzem a saliva (especialmente as parótidas, que são localizadas nas concavidades abaixo dos lóbulos das orelhas).
Assim que o vírus entrar em contato com o organismo da pessoa, demorará de duas a três semanas para que se manifeste o inchaço na parótida (em 70% dos casos, ambas as glândulas ficam inchadas). E esse inchaço permanecerá durante dez dias aproximadamente.
Contudo, essa não é a única conseqüência que a caxumba provoca no organismo. Febre repentinas, dores de cabeça, náuseas, perda de apetite e dificuldade para engolir também são efeitos observados nas pessoas que estão sofrendo com a infecção. Nos casos mais severos, pode haver ainda dores musculares e vômitos.

Transmissão fácil

A caxumba é considerada altamente contagiosa, já que sua forma de transmissão é bastante simples: o vírus se espalha pelo ar, através das gotículas de saliva expelidas por quem está com a doença.
Ele pode ser transmitido antes mesmo de a pessoa contaminada descobrir que está com caxumba (num período que vai de três a quatro dias antes de aparecerem os primeiros sintomas).
E mesmo tendo se passado uma semana do desaparecimento do inchaço nas parótidas, a caxumba poderá ser transmitida para outras pessoas.
A única maneira de prevenir-se contra a doença é tomar a vacina tríplice viral (que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba). Geralmente a primeira dose é administrada aos 15 meses de idade. Para saber mais, converse com o pediatra.
Caxumba causa esterilidade?
Quando acomete adolescentes ou adultos, a caxumba pode trazer mais riscos saúde. Isso porque, a partir da puberdade, existe uma maior possibilidade de a infecção afetar outros órgãos, como os testículos ou os ovários.
No entanto, são raros os casos em que essas infecções causam esterilidade. Para se precaver contra isso, é preciso repousar (assim você cria melhores condições para que a infecção seja curada e não deixe sequelas graves). Além disso, um especialista precisa acompanhar a evolução da doença.

Cura natural

Não existe um medicamento capaz de curar a caxumba: o próprio organismo se encarrega de eliminar o vírus e curar a doença. Porém, para contribuir com esse processo, durante o período de convalescença, deve-se permanecer em repouso, alimentar-se bem e ingerir bastante líquidos.
Em casa, podem ser feitas compressas com água fria para tentar aplacar as possíveis dores na região da garganta e do pescoço.
Mas não esqueça que um médico deve sempre acompanhar a evolução da doença. Então, ao perceber os primeiros sintomas, procure um especialista. Se necessário, ele prescreverá analgésicos ou anti-térmicos para controlar as dores e a febre.
E assim que o organismo tiver se recuperado da doença, seu filho estará pronto para voltar a se dedicar às suas atividades diárias. Totalmente saudável!
Fonte: www.jnjbrasil.com.br

1 comentários :

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.