Quem sou eu

Minha foto
Sou Guerreira, romântica, poeta, escritora, paciente, prudente, perseverante, amante da natureza...

Follow by Email

Minha lista de blogs

Dias de Vida do blog

Total de visualizações de página

2 de maio de 2016

História da cerveja continuação de 1901 à 1994


A cerveja no Brasil de 1901 a 1950

1901
- 7 de outubro - a Preiss Haussler registra a cerveja Excelsior.
- 17 de outubro - a Preiss Haussler registra a cerveja Teutonia.
- 17 de outubro - a Preiss Haussler registra a cerveja Munchen-Bock.
1902
- É inaugurada, em Belo Horizonte - MG, a fábrica de cerveja Renânia.
- A Brahma passa a produzir as marcas "Ypiranga".
- 17 de abril - a Brahma registra a cerveja München.
- 25 de agosto - a Brahma registra a cerveja Brahma Porter.
- 25 de agosto - a Brahma registra a cerveja Guarany.
- 29 de agosto - o Jornal do Comércio publicou: "Depois de diversas tentativas malogradas, no sentido de serem transferidas para um sindicato estrangeiro as ações da Fábrica de Cerveja Paraense, resolveu a diretoria da mesma continuar as obras do prédio em que vai funcionar o estabelecimento, já estando pronto o terceiro corpo do edifício. Todo o mecanismo está sendo montado sob a direção técnica do gerente Emilio Hofmann. A diretoria pretende inaugurar a Fábrica de Cerveja Paraense antes do fim do ano".
1903
- 5 de janeiro - a Brahma registra a cerveja Bock-Ale
- 1 de julho - A Cervejaria Mora formalizou-se como indústria, tornando-se a Fábrica de Bebidas Cascata, ganhou notoriedade pela produção das cervejas Cascata Preta e Cascata Branca, na Cascatinha - Petrópolis - RJ.
1904
- A Antarctica adquire o controle acionário da Cervejaria Bavária, localizada na Moóca - SP, onde instala a sede do grupo.
- 12 de agosto - nasce a Companhia Cervejaria Brahma, resultante da fusão entre a Georg Maschke & Cia. - Cervejaria Brahma e a Preiss Häussler & Cia. - Cervejaria Teutônia. A produção de chope em tonéis chega a 6 milhões de litros e a distribuição conta com 9 depósitos situados no centro do Rio de Janeiro. Neste momento, foram disponibilizadas 25.000 ações à participação pública.
- 30 de agosto - através do decreto 5298 é dada autorização para funcionamento da Brahma.
- Caetano Carmignani, nascido em Monte Carlo na Itália, chegou ao Brasil em 1887 com 12 anos de idade indo residir nas proximidades de Pirassununga - SP, resolve instalar uma fábrica de cerveja e para isto adquire da família Barão de Rezende uma área de 1.000 metros quadrados onde constrói a fábrica e a sua residência.
- A fábrica de Friedrich Wilhelm Metzenthin, em Ponta Grossa - PR, passa a se chamar Cervejaria Oceana.
1905
- 25 de setembro - a Brahma registra a cerveja ABC.
1906
- 29 de julho - a Cervejaria Kuhene, cujo gerente era Guilherme Walter e ficava na antiga Rua da Cerveja, lança a marca "Progresso 1906" em comemoração da inauguração da estação ferroviária de Joinville - SC. (primeira comemorativa?)
- É constituída a firma H.Ritter & Filhos. Mudam-se para a Voluntários da Pátria em Porto Alegre – RS, em um prédio próprio e imponente. Gozando de instalação elétrica e depósitos frigoríficos, a produção diária de 15.000 garrafas e 20.000 Kg de gelo, concorreria com a cervejaria Cristoffel, então a maior. Cerveja capital tornou-se a marca preferida da Ritter.
- Começa a funcionar a Fábrica de Cerveja e Gelo Colúmbia, em Campinas - SP.
1907
- 1 de abril - a Brahma registra a cerveja Bock-Crystal.
- A primitiva fábrica de cerveja de Caetano Carmignani, em Pirassununga - SP, com a aquisição de máquinas e equipamentos, começa a fabricar a cerveja preta Cavalinho e refrigerantes naturais.
- A Brahma desativa a fábrica da Teutonia em Mendes - RJ, por ser impraticável a comunicação permanente, e traz para o Rio de janeiro - RJ o seu maquinário.
1910
- 5 de janeiro - a Brahma registra a cerveja Bramina.
- 8 de agosto - a Brahma registra a cerveja Bull Bock.
- A Cervejaria Oceana, de Ponta Grossa - PR, lança a pedra fundamental da nova fábrica, na mesma Rua Augusto Ribas, número 245 e 251, em frente à antiga fábrica.
1911
- 3 de fevereiro - a Brahma registra a cerveja Colombo.
- A Antarctica inaugura, na cidade de Ribeirão Preto no interior de São Paulo, sua primeira filial.
- 25 de setembro - a Brahma registra a cerveja Rainha.
1912
- É instalada a Cervejaria da Ponte na Rua XV de Novembro, próximo à ponte do rio Monjolo em Palmeira - PR, pela família Ristow, fabricando cerveja preta e branca da marca peixe.
- 1 de setembro - falece, aos 58 anos de idade, o Sr. Pedro Antônio Freez, sócio-fundador da Cervejaria Poço Rico.
- 1 de novembro - é inaugurada a Cervejaria Tripolitana, fabricante da cerveja Tripolitana, instalada em ótimo prédio com todos os requisitos de higiene e capricho, em Cachoeiro do Itapemirim - ES, por Ângelo Maria Mignone, italiano que chegou ao Brasil em 1897, alfaiate de profissão e proprietário da Alfaiataria Internacional.
- 23 de dezembro - a Brahma registra a cerveja Cavalleira.
1913
- 25 de abril - é fundada em Ribeirão Preto - SP a Companhia Cervejaria Paulista.
- O estado do Rio Grande do Sul já conta com 134 cervejarias.
1914
- 16 de janeiro - a Brahma registra a cerveja Carioca e cerveja Suprema.
- 16 de julho - a Brahma registra a cerveja Malzibier.
- 20 de julho - a Brahma registra a cervja Fidalga.
- A viúva Kremer proprietária da Cervejaria Germania muda o nome para Cervejaria Americana por causa da Primeira Guerra Mundial.
- Inaugurada a fábrica da Companhia Cervejaria Paulista (fabricante das cervejas Niger, Poker e Trust).
1916
- A Brahma vende ao Frigorífico Anglo as instalações da antiga fábrica da cerveja Teutonia de Mendes - RJ.
- Visita de Santos Dumont a fábrica da Antarctica.
1917
- É criada a Companhia Cervejaria Adriatica S.A., por Alberto Thielen, transformando em sociedade anônima a já existente Cervejaria Adriatica, antiga fábrica de cerveja de seu pai, Henrique Thielen, em Ponta Grossa - PR.
1920
- A Cervejaria Oceana, de Ponta Grossa - PR encerra suas atividades.
1921
- É anunciado no jornal: A Companhia Cervejaria Adriática S/A ("palácio do néctar espumante"), à frente o dinâmico cel. Henrique Thielen, joga no mercado quinze mil dúzias de "Adriática Pilsen, Adriática Poschorr, Operária, Primor" e a muito afamada "Cachorrinha", todas "leves e límpidas no seu amarello-topazio".
- É firmado contrato de venda da Cervejaria Guanabara à Brahma. A Cervejaria Guanabara foi uma das mais antigas do país.
1923
- É inaugurado o novo edifício da Companhia Cervejaria Adriatica, em Ponta Grossa - PR.
1924
- A Cervejaria Bopp se une à Cervejaria Sassen e à Cervejaria Ritter e criam a Cervejaria Continental (Cervejaria Bopp, Sassen, Ritter e Cia Ltda.)
1927
- É fundada por Otto Loeffler a cervejaria Loeffler, em Canoinhas - SC, fabricando o chope claro de baixa fermentação marca "Jahú", marca em homenagem a travessia do Oceano Atlântico feita por João Ribeiro de Barros em pequeno hidroavião chamado Jahú que saiu da cidade paulista de Jaú em direção à Europa.
1928
- A Companhia Cervejaria Adriatica, começa a fabricar refrigerantes e engarrafar água mineral.
1930
- A Cervejaria Rio Claro (Caracu) passa a pertencer à família Scarpa.
- A Cervejaria Loeffler começa a fabricar o chope escuro marca Nó de Pinho.
- Falece Henrich Feldmann Senior, seu filho assume a Cervejaria Feldmann e altera seu nome para Kranapel e passa a produzir também licores.
- É instalada a Fábrica de Cerveja Camponesa, em Capinzal - SC.
- A Fábrica de Cerveja e Gelo Colúmbia, lança a cerveja preta Mossoró, criada em homenagem ao cavalo que ganhou o 1º Grande Prêmio.
1932
- 7 de novembro - Caetano Carmignani (cerveja preta Cavalinho) veio a falecer, com sua morte a empresa passou a pertencer aos filhos com a denominação Carlos Carmignani e Irmãos.
1933
- 9 de setembro - falece em sua residência, na Rua Osório de Almeida no. 999, o Sr. Francisco Freez, um dos fundadores da Cervejaria Poço Rico.
1934
- A Cerveja da Brahma foi engarrafada e passou a se chamar Brahma Chopp. No carnaval a grande novidade foi o lançamento da cerveja em garrafa. A Brahma Chopp passou a ser a cerveja mais consumida do país e alcançou 30 milhões de litros de cerveja produzidos.
1938
- É iniciada a construção do prédio da Cervejaria Catarinense em Joinville - SC.
1939
- É fundada, na histórica cidade de Itu - SP, a Primo Schincariol Indústria de Cervejas e Refrigerantes S/A. Que no início se limitou à produção de refrigerantes.
1940
- Os proprietários da Companhia Antarctica Paulista, Antonio e Helena Zerrener, alemães de nascença, faleceram e não deixaram herdeiros, a Companhia foi incorporada ao patrimônio da União e os diretores brasileiros compraram da União a companhia e fundaram a Cia. Brasileira de Bebidas e Conexos Antarctica, com fábricas no Bom Retiro (cerveja progresso e cerveja preta) e na Móoca (cervejas claras e conexos).
1941
- A Cervejaria Continental instala o primeiro campo experimental de cevada no Brasil em Gramado - RS.
- A Cervejaria Kranapel (Feldmann) é comprada por Claus Feldmann que também adquire a fábrica de cerveja Malta e Massarandubense.
1942
- É inaugurada a Cervejaria Catarinense, com a conclusão da construção de seu prédio em Joinville - SC, tendo Werner Metz como seu diretor-presidente.
1943
- Com extrato forte e encorpado, é lançada a Brahma Extra.
1945
- É constituída a Cervejaria Polar pela Companhia Antarctica Paulista de Bebidas.
- A Cervejaria Adriatica é vendida para a Companhia Antarctica Paulista de Bebidas.
1946
- A Brahma assume o controle do maior Grupo cervejeiro do Rio Grande do Sul. "Bopp, Sassen, Ritter & Cia. Ltda" - Cervejaria Continental, cem anos de uma autêntica tradição, erguida e mantida por famílias imigrantes.
- A Sociedade Coletiva Mora & Cia., em Petrópolis - RJ é transformada em sociedade anônima constituindo a Fábrica de Bebidas Cascata S/A.

A cerveja no Brasil de 1951 a 1975

1953
- janeiro - É constituída a Cervejaria e Maltaria da Serra Ltda., em Getúlio Vargas - RS.
1954
- A Antarctica inaugura sua Maltaria no Jaguaré em São Paulo.
- A Brahma aos 50 anos já tem 6 fábricas e 1 Maltaria.
1956
- É constituída pela Antarctica a Dubar S.A. - Indústria e Comércio de Bebidas.
- É fundada, em Assis - SP, a Indústria de bebidas Cristalina, no início dedicada somente a fabricação de refrigerantes.
1957
- A Antarctica adquire, em Campinas - SP, o prédio da antiga Fábrica de Cerveja e Gelo Colúmbia, transformando-a em depósito de sua fábrica ao lado.
- 24 de junho - A Cervejaria e Maltaria da Serra Ltda., lança a cerveja Serramalte.
1959
- A família Ruschel cria a cervejaria Polka, em Feliz - RS.
1960
- A Cervejaria Kranapel (ex-Feldmann) deixa de produzir cerveja e se dedica à produção de outras bebidas.
- A Antarctica, em 75 anos de história, a capacidade de produção de cervejas e refrigerantes cresceu cerca de 100 vezes, atingindo 3,9 milhões de hectolitros/ano.
- A Brahma inaugura sua nova filial em Agudos, interior de São Paulo, antiga Companhia Paulista de Cerveja Vienense.
1961
- O controle acionário da Cervejaria Bohemia é adquirido pela Companhia Antarctica Paulista, através dos Diários Associados, pelo jornalista Carlos Rizzini, então presidente da Bohemia que nessa época tinha uma produção de 10.000 dúzias de garrafas por mês.
1962
- A Brahma inaugura mais uma filial na cidade do Cabo, em Pernambuco.
1964
- A Cervejaria Continental é incorporada à Brahma, passando a ser filial Rio Grande do Sul.
- É criada na Europa a Skol por um grupo formado por seis cervejarias dentre elas a "Sociedade Central de Cervejarias Portuguesas".
1965
- Iniciam-se os trabalhos das primeiras revendas exclusivas Brahma, constituídas em sua maioria por antigos funcionários da empresa.
1966
- Nasce a Cerpa (Cervejaria Paraense), instalada numa área de 157.633 m2, às margens da Baía do Guajará, em Belém - PA .
1967
- A Skol se associou ao Grupo S (Scarpa), dono de quatro cervejarias: Rio Claro (Caracu), Santista, Cayru e Londrina, passa se chamar Indústrias Reunidas Skol-Caracu S/A e lança a Skol Pilsen.
1968
- É instalada a Companhia Alterosa de Cervejas, em Vespasiano - MG.
- A Brahma inaugura a sua Estação Experimental de Cevada no Rio Grande do Sul para testar as novas variedades de cevada cervejeira e estudar suas adaptações ao solo e clima da região. A Antarctica inaugura duas novas fábricas (Manaus e Minas Gerais).
1970
- A Skol passa seu controle acionário para BRASCAN grupo de empresários brasileiros e canadenses.
1971
- A Brahma adquire a fábrica Astra S.A e conquista uma forte liderança para fabricação e distribuição de seus produtos no Norte e Nordeste do Brasil.
- A Skol lança a primeira cerveja em lato do Brasil em folha de flandres.
1972
- Antactica adquire o controle acionário da Cervejaria Polar no Rio Grande do Sul, e a Cervejaria de Manaus S.A - Cerman.
- A Brahma associa-se à Fratelli Vita e introduz três marcas de bebidas sem álcool: a Sukita, o Guaraná Fratelli e a Gasosa Limão.
- Foi nesse ano também que a Brahma Agudos lança a Brahma Chopp e a Brahma Extra em lata de folha de flandres.
1973
- A Companhia Antarctica Paulista fundiu-se com sua grande rival, a Companhia Cervejaria Paulista, tornando-se a Cia. Antarctica Niger.
- A Antarctica adquire a Cervejaria Pérola de Caxias do Sul - RS e a Companhia Itacolomy de Pirapora - MG. São constituídas as filiais em Goiânia - GO, Montenegro - RS, Rio de Janeiro - RJ e Viana - ES. Ainda, é criada a Sociedade Agrícola de Maués S.A, para processar sementes de guaraná e é formada a Fazenda Santa Helena, para pesquisa e plantio de guaranazeiros.
1975
- Construída pela Antarctica a sua filial no Rio Grande do Sul.

A cerveja no Brasil de 1976 a 2000

1976
- Construída pela Antarctica a sua filial em Teresina - PI.
1977
- A Brahma lança sua linha de refrigerantes.
- A Antarctica amplia a sua Maltaria em São Paulo e adquire uma área de 14,32 hectares em Paulo de Frontim - PR para pesquisa e experimentação agrícola com a cevada cervejeira.
1978
- A Brahma lança em Curitiba - PR o primeiro Curso de Cervejeiro Prático da América Latina.
- A Brahma Chopp é lançada em garrafa personalizada de vidro na cor âmbar (antes era engarrafada em vasilhames de qualquer cor).
- A Antarctica dá início a sua primeira franquia de refrigerantes e inaugura uma Filial no Rio de Janeiro - RJ.
1979
- A Antarctica inicia as suas exportações para a Europa, Estados Unidos e Ásia.
1980
- março - a Antarctica adquire o controle da Cervejaria Serramalte com suas fábricas de Getúlio Vargas e Feliz - RS.
- A Antarctica atinge 16,4 milhões de hectolitros/ano e adquire o controle da Companhia Alterosa de Cervejas, em Vespasiano - MG. Iniciam-se as obras da fábrica associada Arosuco - Aromas, Sucos e Concentrados S.A, no Rio de Janeiro.
- É lançada a Brahma Beer, uma cerveja própria para exportação.
- A Brahma adquire o controle acionário das Cervejarias Reunidas Skol/Caracu S.A.
- Luiz Otávio Possas Gonçalves um dos principais acionistas do Grupo Gonçalves-Guarany proprietário, desde 1947, de duas grandes engarrafadoras de Coca-Cola no estado de Minas Gerais resolveu fabricar cerveja. Arriscou todo o capital de que dispunha na construção de uma cervejaria (Cervejaria Kaiser), em Divinópolis - MG e em nove meses já colocava a sua primeira garrafa no mercado.
1982
- A Antarctica inaugura sua unidade de recebimento, armazenagem e beneficiamento de cevada cervejeira na cidade de Lapa - PR.
- A Brahma lança a primeira cerveja Light do Brasil com baixa fermentação e baixo teor alcoólico.
- 22 de abril - é lançada a Cerveja Kaiser.
- A Cervejaria Kaiser investe na aquisição da Cervejaria Mogiana, de Mogi-Mirim - SP, então fabricante da Cerveja Inglesinha, esta fábrica foi comprada por Biagi quando era executivo da Companhia Ipiranga de Bebidas (engarrafadora de Coca-Cola em Ribeirão Preto), compra feita por telefone, sem conhecer. "Era uma cervejaria tradicional, mas antiquada. A diferença foi a estratégia, pois, na época, convidamos os fabricantes de Coca-Cola da região sudeste a serem sócios do empreendimento".
- A Indústria de Bebidas Cristalina começa a introduzir a Cerveja Malta (1000 litros/mês).
1983
- Início da produção dos produtos Antarctica na filial de Teresina - PI.
- É lançada, em Washington e Filadélfia, nos EUA, a cerveja Brahma Beer.
- final do ano - Início de produção das Cervejarias Kaiser de Mogi-Mirim - SP e Nova Iguaçu - RJ. A Cervejaria Heineken da Holanda passa a dar assistência técnica à Kaiser.
- É fundada a Cervejaria Belco em Botucatu - SP, a empresa foi instalada onde antes funcionava a Belgiun Co. uma cooperativa de produção que reunia os remanescentes da colonização Belga na região. A formulação do nome veio de forma natural com as sílabas iniciais da cooperativa. A primeira unidade de produção tinha capacidade de 3.600 hectolitros/ano comercializados em barris de madeira na forma de chopp.
1984
- Firmado acordo da Brahma com a PepsiCo Internacional para fabricação, comercialização e distribuição do refrigerante Pepsi Cola no Rio de Janeiro, além de operar três fábricas no Rio Grande do Sul.
- fevereiro - a Brahma lança a Cerveja Malt 90. Era uma cerveja clara, tipo Pilsen, de médio teor alcoólico, sabor suave e de excelente sabor.
- A Coca-cola Internacional compra 10% da Cervejaria Kaiser, entrando na sociedade.
- A Indústria de Bebidas Cristalina lança comercialmente a Cerveja Malta Chopp (3.600 litros/mês).
1985
- O jornal alemão "Frankfurter Allgemeine Zeitung" destaca a Brahma como a 7ª empresa de cerveja do mundo.
- Iniciam-se as construções da fábrica da Antarctica em João Pessoa - PB.
1986
- A Brahma Beer Brazilian Pilsener é lançada no mercado de Tóquio.
- A Cerveja Kaiser já está em Goiás, região de Brasília e Mato Grosso.
1987
- É inaugurada pela Brahma uma unidade piloto para o desenvolvimento de produtos no Laboratório Central no Rio de Janeiro. É adquirida a Fábrica de Refrigerantes Refinco.
- setembro - entra em funcionamento uma nova unidade de fabricação da Cerveja Kaiser em Jacareí - SP.
- é fundada a Cervejaria Krill, em Estância do Socorro - SP, por um grupo de empresários paulistas que compraram, na década de 80, a Indústria de Bebidas Mantovani (fernet, licores, conhaques).
1988
- Inaugurada a fábrica Cebrasp - Companhia Cervejaria Brahma em Jacareí, São Paulo.
- Inaugurada a Fábrica de Cervejas Antarctica, no Rio de Janeiro com capacidade de produção de 3,5 milhões de hectolitros/ano. Inicia-se a produção na fábrica Antarctica de João Pessoa - PB.
- Fevereiro - Lançada pela Amazon Inc., no mercado americano, a cerveja preta Xingu, fabricada pela Cervejaria Independente, em Toledo - PR.
1989
- São constituídas mais 4 unidades fabris na Antarctica: Filial Jaguariúna - SP, Filial Canoas - RS, Filial Cuiabá - MT e Filial Rio Grande do Norte.
- A Skol lança a primeira cerveja em lata de alumínio.
- maio - A Schincariol passa a produzir a sua primeira cerveja, tipo pilsen.
1990
- O Grupo Brahma, incluindo a Skol, passa seu controle acionário para o grupo GARANTIA. A Brahma lança o "Projeto Brahma para Reciclagem" que foi pioneiro na abordagem da reciclagem frente à comunidade.
- A Indústria de bebidas Cristalina lança a nova Malta.
- A Skol lança a Skol Fest, cerveja em lata de 5 litros.
- A Antarctica lança a cerveja Bavária Premium.
1991
- Inauguração das fábricas da Antarctica do Rio Grande do Norte e Canoas - RS. É adquirida também, uma nova área de 40,2 hectares em Lapa - PR para incremento dos trabalhos de pesquisa com cevada cervejeira nacional.
- A Antarctica lança a primeira cerveja sem álcool do Brasil, a Kronenbier.
1992
- A Brahma Chopp é exportada para a Argentina.
1993
- É inaugurada a filial Jaguariúna da Antarctica e constituída uma nova filial no Ceará.
- A Skol lança a Skol Pilsen em embalagem descartável de vidro de 350 ml com tampa de rosca chamada de long neck e em lata de alumínio com 500 ml.
- A Skol desativa a fábrica de Rio Claro - SP, transferindo-se para a fábrica de Agudos - SP.
- É criada a Cervejaria Petrópolis S/A, em Petrópolis - RJ, por um grupo de empresários que se associaram e compraram algumas máquinas, equipamentos e um terreno às margens da Rodovia Br 040 - Km 51.
1994
- A fábrica Antarctica do Rio Grande do Norte é inaugurada.
- A Brahma inaugura uma filial em Lages - SC e a fábrica em Luján na Argentina e adquire a Companhia Anônima Cervecera Nacional na Venezuela. Mudança da Administração Central da Brahma para São Paulo.
- abril - A Skol lança sua cerveja Bock.
- 29 de julho - a Cervejaria Petrópolis realiza a festa de lançamento da cerveja Itaipava no Shopping Vilarejo contando com muitas pessoas da sociedade Petropolitana.
- 1 de agosto - saída do primeiro caminhão de entrega da cerveja Itaipava para os distribuidores previamente cadastrados.
- novembro - a Skol lança a Skol Ice em lata e long neck, uma cerveja refrescante produzida com o processo "ice process", inventado pela Cervejaria Labatt, no Canadá, em 1993, onde parte da água da cerveja é retirada por congelamento.
- A Antarctica lança sua cerveja Bock. E também lança novas embalagens: long neck e six pack para suas cervejas.
- É lançada a cerveja Krill, pela Cervejaria Krill, de Estância do Socorro - SP.

3 comentários :

  • Marcos Mariano says:
    28 de novembro de 2012 20:36

    Lu, cadê vc, eu vim aqui só pra te ver! Como sempre postagens informativas e educativas né Lu. Confesso que não bebo, até tentei, mas não consegui gostar de cerveja, conclusão hoje não tenho nenhum vicio alcoílico, com o cigarro foi a mesma coisa, não me desceu de jeito nenhum ( minha saúde agradece), mesmo assim achei muito interessante a trajetória da cerveja, principalmente ver a concorrência das cervejarias, não sabia que a Skol tinha sido a primeira a lançar a cerveja em lata no Brasil, interessante.

    Abraços Lu, esqueci de vc não

  • Tania regina Contreiras says:
    29 de novembro de 2012 17:47

    Nossa, suas fontes de informação são inesgotáveis, heim? rs Como tá calor, deu até sede lendo esse histórico...
    Beijos,

  • Sônia Silvino (Crazy about Blogs) says:
    29 de novembro de 2012 21:07

    Até deu vontade de tomar uma geladinha! rsrsrs
    Mais um Natal está chegando e o Ano Novo já está próximo também.
    Quero destacar que meu ano de 2012 foi mais gostoso, pois você fez parte dele.
    Desejo que o seu Natal seja de muita paz, muita saúde e união em família.
    Que nossa amizade se fortifique mais ainda em 2013.
    Você já participou da
    Promoção de Natal de Sônia Silvino's Blogs:
    "Como foi o seu melhor Natal"?
    Se já participou, agradeço e desejo muito boa sorte!
    Para participar, é só contar na postagem do dia 20/11/12 no blog fLaShBaCk.CoM:
    http://soniasilvinoflashback.blogspot.com.br
    Maiores informações aqui:
    http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com.br
    Participe! Boa sorte!

    Obs.: Em breve, meus blogs entrarão "em férias" e só retornarão em janeiro de 2013. Com exceção, dos agregadores de links:
    http://blogsdasoniasilvino.blogspot.com.br, http://blogsdasoniasilvino2.blogspot.com.br e http://soniasilvino38.blogspot.com.br (The Best Blogs 2) que continuarão online.
    MAS A BLOGUEIRA (euzinha) NÃO VAI TIRAR FÉRIAS. VOU CONTINUAR VISITANDO OS AMIGOS E AMIGAS E RETRIBUINDO AS VISITAS RECEBIDAS.
    O blog fLaShBaCk.CoM, http://soniasilvinoflashback.blogspot.com.br, ficará aberto até o final da promoção: dia 21 de dezembro de 2012.

    Beijocas, muitas!!!
    Boas Festas!

Comentários atuais

Seguidores

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Uol

Gostou do Blog? Então doe um drinque?

Estamos no Google+

Google+ Followers

Lançamento do livro de Rita Cidreira

Lançamento do livro de Rita Cidreira
Os maus tratos vividos em um casamento conturbado de uma mulher bem sucedida na vida vão transformar sua vida e viver um dilema de sentimentos. Ela luta com a ajuda da família, para solucionar o problema e se renova buscando a força necessária, para reviver uma nova historia, encontrado no acaso, através da ajuda de um homem desconhecido a força do amor que ira desabrochar e vai mudar toda sua vida. A mudança de um homem, que por causa de um atropelamento, ressurge, emerge para o brilho da vida e persevera, perseguindo seu real objetivo, para viver seu grande amor. Mesmo sabendo de todas as dificuldades que irá encontrar para prosseguir o seu caminho. Categorias: Romance, Poesia, Ficção e Romance, Ficção Palavras-chave: a, amor, do, força, fronteiras., sem. Clique na imagem que levará ao Clube dos Autores e adquira seu exemplar.